sexta-feira, 23
 de 
fevereiro
 de 
2024

Reunião aborda criação do parque do Morro de Santa Cruz

Reunião abordou a criação do parque natural em Campo do Tenente. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Campo do Tenente
Reunião abordou a criação do parque natural em Campo do Tenente. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Campo do Tenente
Encontro para tratar sobre o parque foi realizado na última sexta-feira nas dependências da prefeitura de Campo do Tenente e contou com a presença do prefeito Weverton Vizentin e secretários

O prefeito de Campo do Tenente, Weverton Vizentin, esteve reunido, na última sexta-feira, com secretários e representantes de secretarias municipais, para uma tratar da definição do protocolo de intenções da criação do Parque Natural Municipal do Morro de Santa Cruz. O encontro aconteceu nas dependências da prefeitura.

Na oportunidade, foi apresentado a Saulo Batista, proprietário da área onde fica localizada a capela de Santa Cruz, popular Morro do Santana, a proposta de criação do parque municipal, que foi acolhida por Batista.

Ainda, recebeu a anuência do representante da igreja católica, Jovenil Ferreira, que em sua vez agradeceu a iniciativa que há muito aguardada pela comunidade cristã.

De acordo com o secretário de administração Márcio Assad, Campo do Tenente vive um momento histórico em relação a cultura, turismo e meio ambiente. “O parque do morro da Santa Cruz não é apenas um belo atrativo, mas complementa o produto turístico do município, junto ao mosteiro trapista e o futuro centro cultural Villa Anna, tendo a Braspol como uma das âncoras. Com o novo parque em funcionamento, a integração interparques do seminário de Rio Negro e o parque do Monge da Lapa será totalmente viável”, afirmou.

O vereador Juliano Silva, que também participou do encontro, enalteceu a iniciativa da criação do parque. “É um dia especial, porque damos início a realização de um sonho, como do saudoso padre Stanislaw Gogulski grande mobilizador e incentivador do resgate cultural e religioso e das comunidades que há anos preservam e mantém essas tradições religiosas no local. Assim como o proprietário Saulo, a prefeitura e igreja sabem da importância que esse local tem para a religião, turismo e preservação ambiental”, comentou.

O proprietário Saulo Batista demonstrou alto grau de desprendimento pessoal e concluiu que fará a doação da área ao município para a realização e construção do parque cultural, ressaltando a importância do empreendimento para a cultura, turismo e, principalmente, a religiosidade. Ele ainda declarou que se sentirá muito satisfeito em constatar que o parque terá um bom uso, com estrutura, segurança e os devidos cuidados de orientação ambiental.

Durante a reunião, o prefeito Weverton Vizentin agradeceu e parabenizou a atitude de Batista, tanto como cidadão tenenteano quanto cristão, se propondo a ter comprometimento das parcerias necessárias para que o projeto do parque municipal de Campo do Tenente aconteça.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email