sábado, 25
 de 
maio
 de 
2024

PRF registrou 100 acidentes na Operação Aparecida no Paraná

Um veículo foi flagrado a 201 quilômetros por hora em uma rodovia paranaense durante a operação. Foto: Divulgação/PRF
Um veículo foi flagrado a 201 quilômetros por hora em uma rodovia paranaense durante a operação. Foto: Divulgação/PRF
Durante os cinco dias de operação, quatro ultrapassagens irregulares por hora foram registradas. Mais da metade das mortes no feriado ocorreram em colisões frontais

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, no domingo, a Operação Aparecida 2023 nas estradas do Paraná. Durante os cinco dias de operação, que começou no dia 11, foram registrados 100 acidentes, com 140 pessoas feridas e seis mortas.

A autarquia flagrou 43 crianças sem o dispositivo de retenção correto ou irregularmente instalado. Na ação, foram 528 motoristas flagrados ultrapassando em locais proibidos, uma média de quatro flagrantes por hora.

Em 275 ocasiões, algum dos ocupantes não utilizava o cinto de segurança, e ainda, 69 motoristas foram autuados por embriaguez, com três presos por dirigirem embriagados. Além das multas de velocidade, foram aplicadas 2,7 mil multas por diversas infrações e 191 veículos foram recolhidos por diversas irregularidades.

Foram mais de seis mil imagens de motoristas transitando acima da velocidade, uma média de cerca de mais de 50 flagrantes por hora. Conforme o balanço da PRF, no primeiro dia de operação (11), dois flagrantes foram capturados, sendo uma BMW a 201 km/h na BR-277, em São Miguel do Iguaçu, e um Gol a 161 km/h na BR-277, em Paranaguá. Pela infração gravíssima, os motoristas estão sujeitos a uma multa de R$ 880,41, além da suspensão da CNH.

Ao longo dos cinco dias de operação, a PRF apreendeu 1,5 tonelada de maconha e deteve 46 pessoas, 11 por crimes relacionados ao trânsito. 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email