sábado, 28
 de 
maio
 de 
2022

Prefeitura da Lapa emite nota sobre apontamento de baixa aplicação de doses

Doses contra a Covid-10. Foto: Arquivo/O Regional

Na quinta-feira (15), o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) divulgou uma relação de cidades com suposto baixo índice de aplicação de vacinas contra a Covid-19 recebidas da Secretaria de Estado da Saúde e a Lapa era uma delas. Nesta sexta-feira (16), a prefeitura se pronunciou sobre o assunto.

Segundo o TCE, as oito prefeituras notificadas apresentam índice de aplicação inferior a 70% dos imunizantes enviados, conforme dados do painel de vacinação do Ministério da Saúde, que é alimentado pelas próprias administrações municipais. Elas deveriam se explicar ao TCE. O levantamento foi concluído no dia 9 de julho e a Lapa apareceu com 68,05%. A medida integra o trabalho de fiscalização realizado pelo TCE-PR sobre o processo de vacinação no estado, iniciado ainda em janeiro, assim que as primeiras doses de imunizantes contra o coronavírus começaram a ser distribuídas e aplicadas na população.

A nota da prefeitura diz que a atual situação da Lapa, atualizada no dia 15, é de um percentual de 91%. Segundo o texto, de um total de 33.617 doses recebidas, já foram aplicadas 30.605. A prefeitura disse ainda que a Secretaria Municipal de Saúde e as Coordenadorias de Comunicação atuam com a maior transparência possível. Confira abaixo a nota da íntegra:

“NOTA OFICIAL

A Prefeitura Municipal da Lapa esclarece a população acerca do questionamento do Tribunal de Contas do Estado do Paraná – TCE/PR em relação ao baixo índice de aplicação da vacina contra a Covid 19, apontando que o município teria um percentual de 68,05% de doses aplicadas.

Esclarecemos que a Secretaria Municipal de Saúde e as Coordenadorias de Comunicação atuam com a maior transparência possível e divulgam quadros diários, spots de áudios e postagens com as atualizações da evolução da doença e do ritmo da Campanha de Vacinação no Município em seus canais oficiais.

A atual situação da Lapa em relação ao percentual de doses recebidas x doses aplicadas é de 91%, com dados atualizados no final da tarde da última quinta-feira (15).

Desde o início da campanha, o Município recebeu um total de 33.617 doses de imunizantes. Deste total, foram já foram aplicadas 30.605 vacinas, sendo 23.537 primeiras e 7.068 segundas doses.

Ocorre que, com a intensificação e a maior disponibilidade de doses nas últimas semanas, houve um atraso na alimentação do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações – SI-PNI.

O próprio Coordenador Geral de Fiscalização do TCE/PR, Rafael Ayres ponderou que “essa redução pode ter ocorrido pela ausência de registro ou o registro dos dados com atraso, em razão da aceleração do ritmo da vacinação” em matéria publicada no site oficial do órgão.

A Vigilância Epidemiológica Municipal ampliou o expediente interno até as 21 horas para alimentar o lançamento de dados no programa do Ministério da Saúde”.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email