segunda-feira, 29
 de 
novembro
 de 
2021

Prefeitura da Lapa é vítima de golpe no valor de R$ 35 mil

Lapa foi uma das cidades que tiveram prejuízo nos cofres públicos com o esquema fraudulento. Foto: Arquivo/O Regional
Lapa foi uma das cidades que tiveram prejuízos com uma quadrilha que usava decisões judiciais falsas para desviar dinheiro dos cofres públicos. Suspeitos foram detidos na última semana

Policiais civis prenderam, nos últimos dias, seis pessoas suspeitas de aplicar golpes em, pelo menos, 50 prefeituras de todo o país, usando decisões judiciais forjadas. A prisões foram efetuadas na cidade de Campinas, em São Paulo, e as diligências apontam um prejuízo de cerca de R$ 3 milhões aos cofres públicos.

Conforme as investigações, o esquema fraudulento funcionava com os criminosos ligando para as prefeituras e depois por meio do envio de e-mail simulando documentos do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, contendo símbolos e termos jurídicos que pareciam reais, mas que eram falsificados. As cobranças indevidas variavam entre R$ 4 mil e R$ 65 mil.

Uma das prefeituras vítimas do golpe, em dezembro de 2020, foi a da Lapa, onde o prejuízo foi de R$ 35 mil, conforme detalhou o prefeito Diego Ribas em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, que repercutiu o esquema. “Entrou, supostamente, um oficial de Justiça em contato com a administração da procuradoria na época e foi autorizado o pagamento do que seriam duas notas, uma de R$ 17 mil e outra de R$ 18 mil, totalizando R$ 35 mil”, contou.

Ainda conforme apurado pela polícia, o chefe da quadrilha seria um homem de 39 anos, formado em direito e que contava com a participação de outros cinco indivíduos. Na operação que resultou na prisão dos suspeitos, foram apreendidos ainda notebooks, máquinas de cartão de crédito, um cofre e celulares.

Os detidos foram encaminhados para a divisão de investigação criminal de Campinas, onde foram interrogados. Em seguida, foram indiciados pelo crime de estelionato qualificado e associação criminosa.

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email