segunda-feira, 18
 de 
outubro
 de 
2021

Prefeito eleito de Piên sofre atentado e segue internado

Há cerca de um mês, Loir concedeu entrevista exclusiva e falou sobre os projetos. Foto: Arquivo/O RegionalO prefeito eleito de Piên, Loir Dreveck, levou dois tiros em um atentado que sofreu na última quarta-feira. Loir estava em um veículo oficial, juntamente com esposa e filhas, e seguia para Itajaí, com passagem ainda em Joinville. O carro, um Pálio branco, era dirigido por Santinor Malchovski, motorista da prefeitura. Eles saíram da casa do prefeito eleito às 9 horas de quarta e o fato ocorreu por volta das 9h15, na rodovia que liga Piên a São Bento.

A equipe do jornal conversou com o motorista. Ele relata que notou a aproximação estranha de uma moto, achando que o motociclista queria ultrapassá-lo pela direita, nas proximidades do local onde funcionava o posto fiscal de Fragosos, que já não existe mais. O motociclista então efetuou os disparos. Santinor acredita que tenham sido quatro tiros, sendo que dois atingiram Loir na cabeça.

O motorista procurou levar o prefeito eleito ao Hospital e Maternidade Sagrada Família, de São Bento, que possui mais recursos em relação ao de Piên. No bairro são-bentense de Mato Preto, Santinor alcançou uma viatura da polícia e pediu ajuda; os policiais prontamente seguiram abrindo o trânsito até a chegada ao hospital, onde Loir imediatamente recebeu os primeiros atendimentos.

Conforme o boletim divulgado pelo hospital de São Bento, ele chegou no local em estado de coma e foram ali realizados procedimentos de estabilização. Depois ele foi encaminhado para o Hospital São José, de Jaraguá do Sul.

Em Jaraguá, Loir passou ainda na quarta-feira por procedimento cirúrgico e segue internado em estado grave na UTI. No Hospital São José, a única informação oficial da assessoria é de que o estado é grave, mas estável.

Família – A equipe deste semanário fez contato ontem com uma das irmãs de Loir, Rosilda Dreveck. Em áudio, ela diz que o prefeito eleito está em coma induzido na UTI, sedado e estável e que a sedação deve começar a ser retirada na segunda-feira para se ter então ideia do quadro e possíveis sequelas. “Como os médicos falaram, é um milagre de Deus nesta situação ele estar vivo. Eu quero agradecer a todos que estão rezando”. Ela finalizaagradecendo a todos pelo carinho e pedindo orações.

Investigadores e delegado da Polícia Civil de Rio Negro estiveram coletando informações na prefeitura. Foto: Arquivo/O Regional

Investigações – As investigações policiais e buscas se iniciaram logo na sequência do fato pelas polícias Civil e Militar da região. O Pálio foi encaminhado para perícia em São Bento do Sul. Ainda na quarta-feira, os policiais encontraram uma moto em Campina dos Maia, Piên, tida possivelmente como a utilizada pelo atirador.

O delegado da comarca de Rio Negro, Sergio Alves, passou o dia todo ontem em Piên. Ele descartou a possibilidade de ter sido um assalto. Os policiais estão colhendo informações, inclusive na prefeitura, para elucidar o caso; uma viatura do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) foi enviada a Piên, além de outros carros da Polícia Civil. Um crime com as mesmas características foi praticado na semana passada no município contra um motorista de um Logan branco; ele acabou morrendo.

Loir, que foi vice-prefeito de 2001 a 2008 e que na atual gestão era secretário de Planejamento, vinha se preparando nos últimos meses para ser empossado em 1º de janeiro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email