domingo, 21
 de 
julho
 de 
2024

Politicando 31/08/2018

Começa hoje

Terá início hoje a propaganda eleitoral no rádio e na televisão. Muitos consideram que é a partir desse momento que as campanhas começam de fato. Para o eleitor é uma ótima oportunidade de avaliar propostas e o perfil dos candidatos. É no horário eleitoral que também identificamos os candidatos que terão uma linha mais de apresentação ou de agressão. Vale a pena acompanhar.

Governo

O candidato ao governo do Paraná, Ratinho Junior (PSD), faz hoje no Sudoeste do Paraná duas grandes reuniões com lideranças locais. A intenção é apresentar seus projetos e estabelecer uma relação de compromisso com a região. Segundo o candidato, existem grandes demandas dos municípios do Sudoeste que precisam do apoio do governo do estado, especialmente a melhoria da infraestrutura, com destaque para as rodovias.

Prefeitos

Um dos grandes desafios dos candidatos ao governo do estado vem sendo a atração do apoio dos prefeitos paranaenses. Ratinho Junior, por exemplo, contabiliza um grande número de governantes municipais que estariam na sua campanha. Cida Borghetti (PP) também informa ter um número expressivo de prefeitos. Muito provável não vamos ver todo esses apoios, independente do lado, nos programas de TV, já que são poucos os prefeitos dispostos a se declarar publicamente.

Senado

O início do horário eleitoral também será importante para as candidaturas ao senado. Até o momento o senador Roberto Requião (MDB) e o ex-governador Beto Richa (PSDB) levam ampla vantagem sobre os concorrentes segundo as últimas pesquisas. Com a propaganda no rádio e na televisão nomes como do empresário Oriovisto Guimarães (Podemos), do ex-vice-governador Flávio Arns (Rede) e do deputado federal Alex Canziani (PTB) esperam ter chance de crescimento.

Investimento

Quanto custa o apoio de um prefeito ou vereador nos municípios da região? Essa pergunta tem sido recorrente entre muitos candidatos a deputado que pretendem “tirar” votos nas cidades locais. Teve candidato a deputado que inclusive passou para outro concorrente o contato de lideranças porque desistiu do “investimento” depois de saber quanto custaria.

Álvaro Dias (Podemos). Foto: DivulgaçãoNo Paraná

Muito se pergunta sobre a participação do presidenciável Alvaro Dias (Podemos) na eleição do Paraná. Será que ele vai estar presente em algum palanque no estado? Até o momento o único apoio explícito de Alvaro Dias é para o candidato ao senador do seu partido Oriovisto Guimarães. Em relação ao governo estadual, sabe-se que o Podemos coligou com Ratinho Junior e, inclusive, todo o material de campanha do PSD tem o número de Alvaro Dias como candidato a presidente.

Partidos

Uma forma de muitos deputados segurarem o apoio de lideranças nas cidades pequenas foi garantindo que o partido ficaria sob a tutela desse apoiador. Com isso, ao longo dos anos sempre quem tem o mando político de siglas partidárias conseguiu arrebanhar votos com seus diretórios municipais. Essa prática, porém, começa a mudar. A partir de 2020 não será mais permitida as coligações partidárias e de nada adiantará ter uma sigla se ela não conseguir formar uma chapa própria de candidatos. Talvez seja essa a única mudança positiva da recente e tão criticada mini-reforma política.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email