segunda-feira, 15
 de 
agosto
 de 
2022

Politicando 28/11/2014

Assomec I
Com participação expressiva dos prefeitos, foi realizada na última quarta-feira a reunião de encerramento da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba – Assomec. Na pauta, uma ampla reforma do estatuto da entidade, com alterações que pretendem minimizar problemas jurídicos e na eleição de futuras diretorias. Para o próximo ano será eleito um novo presidente para a entidade. O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), atual presidente, informou que não pretende a reeleição.
Assomec II
Prefeito de Contenda, Carlão Stabach/Foto:O Regional
O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), destacou o trabalho realizado por Luizão nos últimos dois anos, principalmente na tratativa de temas importantes para a RMC como o transporte coletivo e a interlocução com o governo federal. Para dirigir a entidade em 2015 e 2016 estão cotados os prefeitos de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim (DEM), e de Contenda, Carlão Stabach (PMDB).
Amsulep
E ontem, na cidade de Rio Negro, aconteceu a reunião da Associação dos Municípios da Região Suleste do Paraná – Amsulep. O encontro contou a presença de deputados que receberam votação na região e estarão na câmara federal a partir do próximo ano. Segundo o prefeito de Piên, Gilberto Dranka (PSD), é importante estabelecer uma relação com os parlamentares e apontar as principais demandas da região.
Pedágio
O governo estadual ainda não havia informado até a tarde de ontem qual vai ser o aumento autorizado, mas em várias praças de pedágio do Paraná, haverá reajuste a partir da próxima segunda-feira, dia 1º de dezembro. Na região, o aumento abrange a praça de cobrança localizada entre Lapa e Contenda, na BR 476. O anúncio deve se feito nesta sexta-feira.
Piên
Nos últimos meses, os vereadores e parte dos secretários municipais de Piên estão se reunindo para debater sobre a Lei Orgânica do Município. Existe a intenção de promover algumas alterações no documento. É provável que no futuro próximo e antes de qualquer decisão, existam as chamadas consultas públicas e a convocação da sociedade civil.
Tijucas do Sul
O prefeito de Tijucas do Sul, Altair Gringo (PP), vem buscando junto ao governo do estado e o Instituto Ambiental do Paraná – IAP uma avaliação mais ponderada em relação aos loteamentos irregulares que existem na cidade. Há uma grande dificuldade para legalização dos loteamentos irregulares e o IAP proíbe a implantação de novas habitações. O fato é que o município de Tijucas possui grandes áreas de mananciais e fica limitado para ampliar oferta de habitação popular.
Rio Negro
O prefeito de Rio Negro, Milton Paizani (PSDB), convive com a dificuldade financeira da prefeitura e destaca o expressivo custo da folha de pessoal. Segundo ele, houve excesso na contratação através de concurso público na última gestão e ainda há multas indenizações que estão sendo pagas por negligência de administrações anteriores. “Recentemente pagamos multa de 30 mil por uso de agrotóxicos em vias públicas”, informou.
Fazenda Rio Grande
A Associação Comercial e Industrial de Fazenda Rio Grande (Acinfaz) reuniu autoridades do município para um encontro com representantes da concessionária Autopista Planalto Sul. Há preocupação com o prazo de execução das obras que estão sendo realizadas na rodovia que corta a cidade. O deputado estadual Toninho Wandscheer (PT), eleito federal, declarou que pretende contribuir com o debate.
Governo Estadual
Assim como boa parte das prefeituras brasileiras, o governo do estado do Paraná também enfrenta dificuldades financeiras neste final de ano. A grande preocupação é com a folha de pagamento e o décimo terceiro salário. Todos os servidores públicos estaduais vivem grande expectativa com a remuneração do fim de ano.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email