segunda-feira, 14
 de 
junho
 de 
2021

Politicando 16/08/2019

Pinhais

O governador Ratinho Junior (PSD) estará nesta sexta pela manhã na cidade de Pinhais onde fará a entrega de maquinário e liberação de recursos por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu), Sanepar e Fundepar. Também hoje o governador fará a liberação de recursos para o município de Piraquara.

Prefeito de Tijucas do Sul, Cesar Matucheski, reunido com o presidente da Comec, Gilson Santos. Foto: DivulgaçãoTijucas do Sul

O prefeito de Tijucas do Sul, Cesar Matucheski (PSDB), esteve nesta semana com o presidente da Comec, Gilson Santos, para falar sobre a retomada da atualização do Plano Diretor do município. A nova gestão da Comec tem ampliado sua atuação de orientação às prefeituras e buscado corrigir trabalhos que não puderam ser concluídos. Matucheski destacou que a intenção é seguir a risca a legislação e já estão estudando modelos bem sucedidos de planos diretores.

Fazenda Rio Grande

Por infidelidade partidária o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) determinou a perda de mandato do vereador Delegado Fábio Machado (PSL), de Fazenda Rio Grande. Eleito pelo Solidariedade em 2016, o vereador teria deixado o partido para se filiar ao Partido Social Liberal (PSL) em meio ao mandato. Ou seja, incorreu na infidelidade partidária. A ação foi proposta pelo suplente João Milani Filho, que deverá ficar com mandato.

Lapa I

O prefeito da Lapa, Paulo Furiati (MDB), já teria comentado com os mais próximos que não pretende disputar a reeleição no município no próximo ano. No entanto, pretende incentivar alguém do seu grupo na disputa pela prefeitura. Não se sabe, por exemplo, se o vice-prefeito Joacir Gonçalves tem interesse na candidatura. Cogitou-se recentemente que o atual diretor do BRDE, Wilson Bley Lipski, teria interesse em ser prefeito da cidade.

Lapa II

Segunda colocada com 30% dos votos, a ex-prefeita Leila Klenk (PT), mantém-se em plena atividade no município, já que é servidora da Emater e possui estreita relação com as famílias locais. Leila não tem feito movimentos políticos, mas para muitos a sua presença na disputa eleitoral é dada como certa.

Agudos do Sul I

A Comissão de Constituição e Justiça da câmara de vereadores de Agudos do Sul reprovou o projeto de emenda à lei orgânica nº 001/2019, proposto pelos vereadores Everson Adolphatto (PSB), Mauro Negrelli (PSDB) e Zezo Pires (PSD), que pretendia extinguir o recesso parlamentar no mês de julho. A proposta teve o voto favorável do legislador Mauro, mas foi rejeitada por Alcídio Gomes (MDB) e Jessé Zoellner (PP). Diante da negativa, Everson criticou a postura dos colegas e justificou que o recesso de julho, além de incoerente, custa aos cofres mais R$ 179 mil somente no subsídio dos próprios vereadores em quatro anos de gestão.

Agudos do Sul II

Além do desgaste da reprovação deste projeto, a relação entre Everson e Jessé, antes harmoniosa na condução dos trabalhos do poder legislativo, está estremecida. O atual presidente tem adotado uma série de medidas de economia na câmara e, apesar de não estar no mesmo grupo político da prefeita Luciane Teixeira (MDB), tem pautado pelo diálogo com o poder executivo, o que vem gerando desconforto com demais pares na casa. Na última segunda-feira, houve até mesmo interferência da pauta, irritando Everson, que cancelou a sessão.

Quadro Negro

Pela sexta etapa da Operação Quadro Negro, o Ministério Público do Paraná, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), cumpriu no último dia 8, 17 mandados de busca e apreensão em 12 cidades paranaenses. Foram alvos da ação os proprietários de 14 construtoras. Os mandados foram cumpridos nas residências de empresários nas cidades de Cascavel, Tomazina, Londrina, Umuarama, Maringá, Foz do Iguaçu, Pitanga, Realeza, Itaipulândia, Pato Branco, Ponta Grossa e Paranavaí. Três pessoas foram presas em flagrante.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email