sábado, 2
 de 
julho
 de 
2022

Politicando 08/06/2018

Álvaro Dias, em Curitiba. Foto: DivulgaçãoPresidente

Um grande evento com a presença de cerca de 4 mil pessoas foi realizado ontem no restaurante Madalosso, em Curitiba, para alavancar de vez a candidatura do senador Alvaro Dias à presidência da República. Curiosamente, nenhum dos três pré-candidatos ao governo do Paraná compareceu ao evento. A presença mais sentida foi do próprio irmão de Alvaro Dias, o pedetista Osmar Dias.

Quadro Negro

O bombardeio em cima do ex-governador Beto Richa por conta da proposta de colaboração premiada do ex-superintendente de educação no Paraná, Maurício Fanini, foi o assunto da semana em todo o estado. Fanini está preso na Operação Quadro Negro, que investiga o desvio de dinheiro da construção de escolas no Paraná. Em seus depoimentos, o ex-superintendente afirma que operou a captação de propina com o aval e conhecimento do ex-chefe. Com toda essa exposição fica a expectativa em torno da candidatura de Beto Richa ao senado.

Ratinho Junior

O pré-candidato ao governo Ratinho Junior (PSD) foi enfático nesta semana ao declarar que essa eleição vai demonstrar a vontade pela renovação de quadros e declarou que a antiga geração de políticos não entregou para a população, especialmente para a nova geração, o que prometeram ao longo dos anos que estiveram governando o país e o estado. Segundo ele, as pessoas querem uma proposta diferente, com mais realidade e sem falsas promessas.

Os sem candidatos

Especialista de todas as vertentes políticas estão prevendo que a próxima eleição terá número recorde de votos nulos, brancos e abstenções. E a melhor explicação para isso está nas eleições que ocorreram no último final de semana em algumas cidades e no estado de Tocantins. Votos brancos, nulos e abstenções somaram 43,54% dos votos no 1º turno da eleição suplementar para governador do Tocantins. Isso representa surpreendentemente 443.414 eleitores, quase a metade do total.

Fazenda Rio Grande

A prefeitura de Fazenda Rio Grande vem buscando potencializar sua arrecadação para diminuir o percentual de gastos com pessoal. Em dezembro, o índice da folha estava em 63% e no último mês de maio fechou em 55%, ainda acima do limite prudencial de 51,3%. De acordo com a Secretaria de Administração, o alto percentual se deu por conta da contratação de 60 médicos para compor o quadro de servidores efetivos, já que a grande maioria dos outros municípios terceiriza este serviço e com isso não onera os gastos com a folha.

Tijucas do Sul

O prefeito de Tijucas do Sul, Cesar Matucheski (PSDB), vem realizando uma série de cortes de despesas na prefeitura, motivado principalmente pela significativa queda de receita do primeiro quadrimestre. Nos últimos dias, houve demissão de funcionários comissionados e a realização de levantamento minucioso das despesas. A preocupação é que, tradicionalmente, os próximos meses apresentam números baixos de receitas, o que pode agravar ainda mais o cenário financeiro dos municípios.

Campo do Tenente

Os vereadores de Campo do Tenente estão preocupados com a criminalidade na cidade. O crescimento no número de jovens usuários de drogas também preocupa os legisladores. Segundo o vereador Beto Maurer (PDT), o número de furtos e roubos tem aumentado consideravelmente e não há uma ação dos órgãos de segurança para conter e evitar os atos ilícitos no município. Da mesma forma é necessário pensar em políticas públicas para enfrentar o avanço da criminalidade.

Quitandinha

O pré-candidato ao governo pelo PDT, Osmar Dias, estará nesta sexta-feira em Quitandinha. A presença do pré-candidato reúne dois correntes políticos da cidade na mesma mesa, Osmar Cardoso Rolim e o ex-prefeito Neco Prado. O vereador por Mandirituba, Felipe Machadinho, também do PDT, é o responsável pela agenda do ex-senador na região metropolitana.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email