segunda-feira, 26
 de 
fevereiro
 de 
2024

PMPR deflagra Operação Babilônia com foco em quadrilha envolvida com tráfico de drogas

Foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em espécie, além de munições de diversos calibres e 13 celulares. Foto: Sesp-PR
Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a três alvos da operação nas cidades de Curitiba, Colombo, Fazenda Rio Grande, São José dos Pinhais, Campo Largo, Araucária, Piraquara, Quitandinha e Cascavel

A Polícia Militar do Paraná, por meio da Diretoria de Inteligência, deflagrou nesta quarta-feira (19) a Operação Babilônia, com o objetivo de desmantelar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e assaltos a caixas eletrônicos e carros-fortes no Paraná e em outros estados.

Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a três alvos da operação nas cidades de Curitiba, Colombo, Fazenda Rio Grande, São José dos Pinhais, Campo Largo, Araucária, Piraquara, Quitandinha e Cascavel.

As investigações tiveram início em novembro de 2021, após a Operação Ostentação, que culminou na prisão de uma mulher que seria a líder de uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na Região Metropolitana de Curitiba.

Após análises em celulares e aparelhos eletrônicos, foram identificados três suspeitos de ligação com a quadrilha e que foram alvos da polícia. Em uma das ações, os policiais militares foram recebidos a tiros e houve o confronto que terminou com a morte de dois suspeitos.

“Logo na chegada ao local, os suspeitos foram para um quarto e trocaram tiros com a equipe policial. Eles estavam em posse de duas pistolas e também apreendemos um caderno com anotações do tráfico, munições e dinheiro, sendo que as notas estavam manchadas, o que indica que o dinheiro é oriundo de crimes em caixas eletrônicos”, explicou o tenente Alexandre Klassen, coordenador de policiamento do 20º Batalhão da Polícia Militar.

Ao todo, foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em espécie, além de munições de diversos calibres e 13 celulares.

Todo o material apreendido será remetido para análise da perícia e as investigações continuam com o objetivo de se chegar a todos os integrantes da organização criminosa.

Os alvos da operação já possuem passagens pelos crimes de tráfico de drogas, crimes contra o patrimônio e lavagem de dinheiro.

Fonte: AEN

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email