sábado, 2
 de 
março
 de 
2024

Piên vai receber o selo de Cidade Educadora

Piên foi reconhecido como Cidade Educadora durante evento realizado em Curitiba no mês de maio e receberá o selo. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Piên foi reconhecido como Cidade Educadora durante evento realizado em Curitiba no mês de maio. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Piên
Selo será entregue em solenidade que acontecerá nesta sexta-feira, durante a Feira da Lua

Piên receberá, oficialmente, o selo de Cidade Educadora. A solenidade acontecerá nesta sexta-feira durante a Feira da Lua na Praça da Paz, com início programado para as 17h30, contando com apresentações de escolas do município, Jiu jitsu ao ar livre, pedal da família e a participação dos campeões do Canta Piên.

Abordando iniciativas voltadas a questões de cidadania, sustentabilidade, pertencimento, respeito e tolerância, por meio do projeto da Feira da Lua, que desde 2021 vem ganhando notoriedade na região, recebendo famílias e sendo palco de atrações esportivas, educativa e culturais, Piên foi reconhecido como uma Cidade Educadora durante Fórum de Prefeitos promovido em Curitiba, no dia 30 de maio. Atualmente no Brasil, 31 municípios estão credenciados como Cidades Educadoras.

A secretária de Educação, Clarice Fragoso, detalha que o projeto é realizado pela Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE), uma organização sem fins lucrativos formada por governos locais de todo o mundo, comprometidos com a educação como ferramenta de transformação social, promovendo o intercâmbio de ideias, reflexões e boas práticas. “Como Piên está passando por uma grande transformação de gestão tivemos o privilégio de ser convidados para integrar o grupo”, disse.

O prefeito Maicon Grosskopf lembra que participar do Cidade Educadora implica em levar a educação ao centro do planejamento da administração uma cidade, elencando os investimentos feitos para fortalecer a área no município. “Estamos investindo muito em educação pois entendemos que somente através da educação conseguiremos transformar a nossa sociedade”, disse o gestor, destacando que a participação em programas nesse sentido somam e acrescentam positivamente no crescimento da cidade. “Porém sabemos que ao assumir este compromisso teremos muito trabalho e muitas exigências para cumprir, não é apenas um rótulo e um status, mas sim, diversas ações que serão desenvolvidas junto a sociedade”, finalizou.

Cidade Educadora – Durante o 1º Congresso Internacional de Cidades Educadoras, em Barcelona, no ano de 1990, surgiu o conceito de cidade educadora. Ele está inscrito na Carta das Cidades Educadoras, documento elaborado nesse evento, detalhando que “a educação transcende as paredes da escola para impregnar toda a cidade”.

Na Carta da AICE, a entidade pondera que a cidade deve exercer e desenvolver sua função educadora de maneira paralela às suas atribuições tradicionais, como funções econômica, social e de política de prestação de serviços. Isso deve ser feito, prossegue a associação, “tendo em vista a formação, promoção e o desenvolvimento de todos os seus habitantes”.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email