sábado, 28
 de 
maio
 de 
2022

Piên recebe peça sobre a imigração no Paraná

Peça será apresentada pela Companhia Karagozwk. Foto: Assessoria de Imprensa/ABC Projetos

Espetáculo será apresentado nesta terça-feira e quarta-feira, no salão da Igreja Matriz

A história da imigração do Paraná contada a partir da arte milenar do teatro de sombras será tema de um espetáculo em Piên. Essa é a proposta da peça ‘Menestrel conta a imigração no Paraná’, da Companhia Karagozwk, que se apresenta nos dias 12, às 14h30, e 13, às 8h15 e às 10 horas, no salão paroquial da Igreja Matriz.

A apresentação será gratuita e reunirá estudantes do ensino médio da rede estadual, enquanto a oficina de teatro será para professores das redes estadual e municipal. A peça narra como ocorreu o processo imigratório no estado e de que maneira os imigrantes foram importantes para a formação social e cultural do Paraná.

O diretor da peça Marcello Andrade dos Santos, que estudou teatro de sombras no Instituto del Teatro de Sevilla, na Espanha, conta a dinâmica da apresentação. “A saga é contada a partir da magia do teatro de sombras, conduzida por atores, menestréis e saltimbancos. Cada criança ou adulto da plateia, certamente identificará a sua própria família e viajará num carroção mágico pelos caminhos de seus ancestrais”, adianta.

O espetáculo conta histórias de imigração alemã, italiana, polonesa, japonesa, ucraniana, holandesa, entre outras. O texto original é resultado de pesquisa do professor de história Paulo Afonso de Souza Castro, com projeto aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE) e é coordenado pela ABC Projetos Culturais, com o patrocínio da Copel.

A Companhia – A Companhia Karagozwk é especialista na arte deste tipo de teatro e atua há 37 anos na região sul do país. Desde 2009, é citada pelo Dicionário do Teatro Brasileiro (Editora Perspectiva) como referência no Brasil na prática desta arte. O espetáculo tem ainda a preocupação com a inclusão social promovendo a acessibilidade de comunicação para o público com deficiência auditiva, com tradução simultânea em libras projetada em tela e ao final das apresentaçõ3es, a Companhia fará um bate-papo com o público e mostrará os bastidores do teatro de sombras, apresentando técnicas que poderão ser adotadas por professores e alunos para que também passem a produzir o teatro de sombras.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email