segunda-feira, 22
 de 
julho
 de 
2024

Notificação para eleição indireta chega à câmara de Agudos do Sul

Câmara de Agudos do Sul. Foto: Divulgação/Câmara de Agudos do Sul
Câmara de Agudos do Sul. Foto: Divulgação/Câmara de Agudos do Sul
Poder legislativo de Agudos do Sul recebeu nesta segunda-feira (8) a notificação visando a realização de eleições indiretas para o cargo de prefeito. Câmara aguarda agora orientações da Justiça Eleitoral para os procedimentos necessários

 

A câmara de Agudos do Sul recebeu a notificação para a realização de eleições indiretas para a escolha de um nome para ocupar o cargo de prefeito pelos próximos seis meses no município. O documento da Justiça Eleitoral, por meio do Fórum Eleitoral de Fazenda Rio Grande, a qual abrange Agudos, chegou ao legislativo nesta segunda-feira (8).

A notificação é resultado de decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) ocorrida na última semana, em que o órgão decidiu pela cassação do mandato do prefeito Jesse Zoellner e do vice-prefeito Antônio Ferreira.

O caso é referente a uma denúncia de suposta compra da votos via Pix à época da eleição suplementar realizada em Agudos no ano de 2022. Após a decisão do TRE, na semana passada, Jesse informou que recorreria com o intuito de continuar o mandato que o povo concedeu.

Agora, o poder legislativo local aguarda orientações da Justiça Eleitoral quanto aos procedimentos necessários para eleição indireta entre os vereadores. Confira na íntegra e nota pública emitida pela câmara:

 

“NOTA PÚBLICA DE ESCLARECIMENTO

A CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES INFORMA A CIÊNCIA AO ACORDÃO PROFERIDO NA AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL E COMUNICA QUE SE ENCONTRA NO AGUARDO DE ORIENTAÇÕES PELO TRIBUNAL PARA A REALIZAÇÃO DE ATOS A SEREM PRATICADOS, POIS ESTES SÃO CONDICIONADOS AO MANDAMUS JUDICIAL, QUANTO AO AFASTAMENTO DO CHEFE DO EXECUTIVO E REALIZAÇÃO DE ELEIÇÕES INDIRETAS.”



Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email