quinta-feira, 18
 de 
abril
 de 
2024

Manifestantes protestam por conta do mau cheiro do aterro em Fazenda Rio Grande

Moradores fizeram um protesto no último fim de semana. Foto/Reprodução
Em pauta, esteve reivindicações pelo mau cheiro sentido pelos moradores de diversos bairros da cidade

 

Moradores de Fazenda Rio Grande protestaram no último sábado por conta do mau cheiro que tem sido registrado na cidade após um trabalhador ter morrido em um deslizamento. Na ação, cidadãos fizeram a coleta de assinaturas, um abaixo assinado, para pedir a proibição do recebimento de lixo no local.

Histórico – No último dia 25 de junho, parte do aterro desmoronou. Com isso, toneladas de lixo ficaram expostas. Na ocasião, um trabalhador morreu. A empresa responsável pelo Aterro, Estre Ambiental, tem feito a pulverização com drone. Sobre o lixo exposto, os equipamentos têm tentado amenizar o odor.

A Empresa afirmou que continuará com as ações, em diferentes horários. Segundo o Instituto Água e Terra, o órgão tem acompanhado a situação. Visitas semanais ao local têm sido realizadas. Já a Secretaria de Meio Ambiente de Fazenda Rio Grande notificou a empresa por causa do mau cheiro.

O Ministério Público, através da 3ª Promotoria, abriu um inquérito civil que irá investigar possíveis danos ambientais causados. O MP solicitou informações à Estre Ambiental. 

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email