sexta-feira, 20
 de 
maio
 de 
2022

Implantação de batalhão na Lapa poderá reforçar policiamento na região

Autoridades regionais e estaduais tiveram a confirmações sobre o reforço policial para a região. Foto: Reprodução/FacebookA região poderá vir a ter um grande reforço policial em estrutura e efetivo nos próximos meses. Houve nas últimas semanas um grande avanço nas tratativas para que a 1ª Companhia Independente de Polícia Militar, sediada na Lapa, e que abrange também os municípios de Contenda, Quitandinha, Campo do Tenente, Rio Negro e Piên, seja elevada à categoria de batalhão. Com isso, uma companhia independente deve ser criada em Rio Negro.

O projeto, elaborado pelos deputados estaduais Alexandre Curi, Ademar Traiano e Francisco Bührer, já vinha sendo debatido. Um encontro nesta semana, realizado na sede do Comando Geral da Polícia Militar do Paraná, definiu as metas. Participaram da reunião os prefeitos de Lapa e Rio Negro, Paulo Furiati e Milton Paizani, respectivamente, os vereadores Alessandro Linsingen, de Rio Negro, e Otávio Rodrigues, da Lapa, e o deputado Curi, que foram recebidos pelo comandante geral Coronel Maurício Tortato.

Segundo o comandante, já há estudos detalhados para serem enviados ao governo estadual ainda em fevereiro, devendo ser encaminhada à região ainda uma escola de soldados para ampliar o contingente. Ele também informou que paralelamente a este processo em aproximadamente 90 dias estará iniciando na Lapa um curso para formação de cerca de 40 soldados. A expectativa é que o batalhão seja criado ainda este ano.

O capitão João Pedro Passos Rocha, subcomandante da Companhia da PM da Lapa, disse que a notícia é bem-vinda. “Será muito bom para a região, pois representará um grande reforço para aumento da segurança”, enfatiza. Um batalhão deve contar com 300 policiais.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email