sábado, 21
 de 
maio
 de 
2022

Governo do estado investe R$ 112 mi na aquisição de 1.100 viaturas policiais

Viaturas adquiridas pelo governo estadual reforçarão a estrutura policial de vários municípios do estado. Foto: Divulgação/AENCom investimento de R$ 112,3 milhões, o governo do estado irá adquirir 1.100 novas viaturas para os órgãos de segurança do todo o Paraná. Na última sexta-feira, foi realizado o pregão eletrônico, onde os veículos foram divididos em sete lotes, sendo contratado quatro da Renault, além de Fiat, Toyota e Volkswagem com um cada.

Para a Polícia Militar serão destinados 135 veículos SUV, da Renault, além de 270 minivans da Fiat, 135 hatchback da Toyota, 135 caminhonetes 4 X 4 da Volkswagem e 90 caminhonetes 4 X 2 da Renault. Todos são plotados, equipados com sistema AVL (localização por satélite), celas para transporte de detidos e sinalizadores acústico e visual. O Corpo de Bombeiros receberá 135 veículos SUV da Renault, com as mesmas especificações dos carros para a Polícia Militar, com exceção das celas. Para a Polícia Civil serão 200 veículos SUV da Renault descaracterizados, com AVL e sinalizadores. No mesmo processo licitatório, junto com as viaturas, serão comprados 1.200 radiotransmissores, ao valor total de R$ 5.759.856,00, cuja empresa Motorola foi a primeira colocada no processo.

O governador Beto Richa ressaltou os investimentos do estado na área da segurança pública. “Estamos destinando recursos expressivos para este setor. Além de investir na área da inteligência, compramos 865 pistolas calibre 9 milímetros da marca Glock, entregamos novos coletes balísticos e munições”, comentou Richa. “A criminalidade atualmente tem aumentado em função das desigualdades sociais e do desemprego, com essa gravíssima crise financeira. Por isso, são necessários investimentos para que as autoridades policiais estejam prontas e estruturadas para atender a população”, disse.

Para o Sargento Horning, da Polícia Militar de Mandirituba, a vinda de novas viaturas é necessária para a renovação da frota. “É um investimento interessante que garante a qualidade do atendimento. Há três anos, Mandirituba possuía apenas uma viatura e agora conta com duas locadas, uma unidade móvel e duas próprias, sendo estas últimas com três anos de uso. Se caso o município for contemplado, será um recurso bem-vindo”, relatou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email