quarta-feira, 10
 de 
agosto
 de 
2022

Fazenda Rio Grande tem saldo positivo na geração de empregos

Multinacional Sumitomo é uma das principais responsáveis pela geração de empregos no município. Foto: Pedro Ribas/AENA crise política e econômica que afeta todo o país trouxe inúmeras consequências para os brasileiros, principalmente o desemprego. Em contrapartida a este cenário, o município de Fazenda Rio Grande registrou o maior saldo de geração de vagas no Paraná em julho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.
Impulsionado pelo setor industrial, o município teve um saldo, com uma diferença entre admissões e demissões, de 322 vagas. Este é o segundo mês seguido que uma cidade de Região Metropolitana obtém dados positivos na geração de empregos.
De acordo com Suelen Glinski Rodrigues dos Santos, economista do Observatório do Trabalho, da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos e responsável pelo levantamento, a mudança se deve, principalmente, à melhora da atividade industrial na RMC. “Os números já apontam para uma retomada da indústria e uma recuperação, ainda que tímida, da geração de vagas na Grande Curitiba. Isso é importante porque as regiões metropolitanas do país foram, de maneira geral, muito afetadas pela crise, com demissões do comércio e da indústria”, afirmou.
Com uma população de 81,7 mil habitantes, Fazenda Rio Grande se destacou, em julho, na atividade de manutenção e reparação de máquinas e equipamentos da indústria mecânica, com 224 postos. Já no acumulado do ano, o município teve um saldo de 177 vagas, das quais 172 geradas na indústria, com destaque para os segmentos mecânico, têxtil e de produção de alimentos.
Entre o período de janeiro a julho, o município campeão na geração de vagas foi Capanema, com saldo positivo de 2.719 vagas, efeito principalmente na construção da usina hidrelétrica de Baixo Iguaçu.
A Região Metropolitana de Curitiba se destacou nos últimos anos na atração de investimentos por meio do programa de incentivos Paraná Competitivo. Desde 2011, foram R$ 11,03 bilhões em projetos de ampliação e construção de novas fábricas que geraram 31 mil empregos no período.
Em Fazenda Rio Grande, a empresa japonesa Sumitomo Rubber é um dos destaques, que depois de inaugurar, há três anos, uma fábrica de pneus para veículos de passeio na cidade, anunciou no mês passado o projeto de uma nova linha de produção, dessa vez, de pneus para caminhões. As obras têm investimentos estimados em R$ 487 milhões e incluem a ampliação da atual fábrica de pneus para veículos de passeio. Com isso, a fábrica no município deverá gerar cerca de 160 empregos até o final de 2020.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email