terça-feira, 28
 de 
maio
 de 
2024

Famílias começam a voltar para casa em Rio Negro

Nível do rio Negro baixou nos últimos dias, mas ainda está sendo constantemente monitorado pelas equipes da prefeitura e possibilitando o retorno das famílias às casas. e Defesa Civil. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Rio Negro
Nível do rio Negro baixou nos últimos dias, mas ainda está sendo constantemente monitorado pelas equipes da prefeitura e Defesa Civil. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Rio Negro
Com baixa do nível do rio na cidade, prefeitura e Defesa Civil estão planejando o retorno seguro dos moradores para suas casas

Moradores de Rio Negro, afetados pelas inundações e enchentes causadas pelas chuvas das últimas semana, começam a planejar a volta para casa. Com a sinalização de baixa do rio Negro, nesta quarta-feira houve uma reunião de planejamento estratégico no gabinete do prefeito James Valério com foco no retorno seguro das famílias desalojadas para suas residências.

A reunião, realizada também de forma remota, teve a participação de membros da Defesa Civil e secretarias municipais que atuam para atender as famílias afetadas pelas inundações. Atualmente, o nível do rio se encontra em 9,7 metros, conforme o sistema de monitoramento hidrológico da Copel; no domingo o nível ficou perto dos 11 metros.

De acordo com o prefeito James Valério, equipes da Defesa Civil, da Assistência Social, Saúde e vigilância sanitária, além de engenheiros da Secretaria de Obras e empresas parceiras, acompanham as famílias que já estão retornando para suas casas após a diminuição do nível dos rios. “São famílias que estavam acolhidas em casas de familiares e agora, com a diminuição do nível do rio, já podem retornar ao lar. Análises estruturais serão realizadas pelos engenheiros para garantir que as casas que foram atingidas estão seguras para os moradores. Profissionais da saúde auxiliarão os moradores na limpeza e higienização das casas e darão todas as informações sobre os cuidados pós-enchente com relação à prevenção de doenças e presenças de animais peçonhentos que podem surgir nos terrenos, por exemplo”, explicou.

Com a utilização de caminhões hidrojatos, equipes da Secretaria de Obras estarão mobilizadas para a limpeza das ruas que não possuem mais alagamentos.

O prefeito James Valério também participou de uma reunião online com o governador Carlos Massa Ratinho Junior e prefeitos de outros municípios do Paraná que foram afetados pelas inundações. Desde o início das enchentes, o executivo municipal realiza ações em prol da população afetada e conta com apoio de parceiros e voluntários, além da ajuda que o Estado vem destinando ao município, como a doação de 600 cestas básicas que a Defesa Civil Estadual destinou no último final de semana.

Para o período de retorno às casas, ainda será preciso manter o apoio ao município, visando a retomada do desenvolvimento social e econômico. Os cidadãos podem continuar ajudando como voluntários no Ginásio de Esportes José Müller ou no Colégio Caetano, onde também há famílias acolhidas, ou colaborar doando alimentos não perecíveis, cestas básicas, pratos e talheres descartáveis, água, roupas, calçados, cobertores, toalhas de banho, itens de limpeza e de higiene pessoal e também ração para os animais que estão abrigados pela prefeitura.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email