quinta-feira, 24
 de 
junho
 de 
2021

Dia dos pais apresenta histórias de sucessão dos filhos na profissão

Pedro Antônio e a família é um dos exemplos de sucesso na região com a Casa Gêmeos. Foto: DivulgaçãoO super-herói das crianças, o professor dos adolescentes e jovens e a referência dos adultos. Estes são alguns dos adjetivos que definem a importância da figura do pai, que neste domingo tem um dia todo especial em sua comemoração. Para homenagear esta data, O Regional apresenta dois exemplos onde os filhos recebem os ensinamentos dos pais e seguem no mesmo ramo profissional.

Aos 60 anos, Pedro Antônio Felipe recorda o passado e o esforço da família, que chegou em Mandirituba no ano de 1994, e iniciou as atividades no comércio local. Acompanhado da esposa e de seus quatro filhos, ele deu início a loja Confecções Gêmeos. Sempre ensinando os filhos a respeitar as pessoas e ser honesto nas negociações, viu sua empresa crescer e com cinco anos multiplicar o espaço físico, surgindo então a loja Casa Gêmeos, que hoje é referência na região. “Foi com o esforço de todos que chegamos até aqui. Nosso empreendimento é uma empresa familiar e trabalhar ao lado dos filhos, ouvi-los e ajudá-los é muito prazeroso”, relata Pedro Antônio.

Hoje, a loja tem boa parte do comando nas mãos dos filhos que buscam manter e conservar todos os princípios ensinados pelo pai. “É um desafio a cada dia, porém, graças a Deus, sabemos que estamos dando continuidade a uma história de sucesso que o nosso pai iniciou um dia e nós agora levamos adiante”, descreve Rodrigo Felipe, o filho mais velho.

Odirlei fala com orgulho dos ensinamentos repassados pelo pai Silvio na continuidade da profissão. Foto: Arquivo/O Regional

O ramo da tornearia sempre esteve presente na vida do pienense Silvio de Siqueira, pai de três filhos. Sempre muito dedicado ao trabalho que desempenhava nas empresas por onde passou, sentiu a vontade de crescer e montar o próprio negócio. “Eu saí de Piên aos 15 anos e fui para a cidade de São Bento do Sul, onde trabalhei por muito tempo, retornando posteriormente para cá. Foi então nos anos 2000 que montei a empresa e comecei as atividades da Torssil Torno Mecânica”, contou Siqueira, detalhando que ao longo da jornada profissional, o filho Odirlei começou a seguir seus passos, buscando aprender mais sobre as atividades de tornearia. “O Odirlei ficou por um tempo trabalhando na empresa Famossul, a qual também pude prestar meus serviços, e onde ele pôde conhecer ainda mais sobre este ramo. Então, após este período, ele veio me ajudar a conduzir os trabalhos na Torssil. E é algo gratificante poder vivenciar isso”, conta.

Para Odirlei, que já está atuando ao lado do pai há quase 20 anos, os ensinamentos, tanto profissionais quanto pessoais, foram os incentivos para seguir nesta carreira. “O que me incentivou sempre foi o pai me dizendo que rico eu não ficaria, mas que teria uma vida digna neste trabalho. Honestidade, humildade e qualidade são os princípios que nos norteiam e que fazem as coisas darem certo”, relata o filho, descrevendo a expectativa de passar o que aprendeu com o pai para as próximas gerações. “Acredito que meu filho, Pedro, também deve seguir meus passos”, finaliza.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email