sexta-feira, 22
 de 
outubro
 de 
2021

Comec anuncia reajuste da tarifa abaixo da inflação e 4 cidades sem aumento

Presidente da Comec, Gilson Santos, destacou todo o esforço do governo do estado para qualificar o transporte coletivo. Foto: Maurílio CheliO presidente da Comec, Gilson Santos, falou nesta semana à imprensa sobre o reajuste da tarifa do transporte coletivo para a Região Metropolitana de Curitiba. Ele será em média de 3,70%, valor abaixo da inflação no ano de 2018 e que só foi possível, segundo o presidente, graças ao subsídio anunciado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior de R$ 150 milhões para o transporte.

O subsídio possibilitou ainda o congelamento da tarifa nos municípios mais distantes da capital e que por consequência pagam as maiores tarifas. São eles Mandirituba, Quitandinha, Contenda, Agudos do Sul e Bocaiúva do Sul. Os valores nestes municípios permanecerão entre R$ 4,90 e R$ 6,50. “Caso não houvesse o subsídio, a tarifa técnica média da Região Metropolitana seria bem superior” destacou o presidente Gilson Santos.

Novas integrações

Ainda segundo o presidente Gilson Santos, o subsídio possibilitará a integração de quatro importantes linhas. A primeira delas é a integração com o terminal do Centenário, no Cajuru. A segunda será a extensão da linha O31-Q.BARRAS/STA.CÂNDIDA que passará a atender o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, a partir do terminal do Santa Cândida. A terceira a criação do atendimento ao Hospital do Rocio, em Campo Largo, com conexões através do ligeirinho que parte do terminal Campina do Siqueira, em Curitiba, e a quarta a linha 690-VILA JULIANA que passará a atender o bairro Campina da Lagoa, mais precisamente a Vila Tupi, proporcionando ligação direta com o terminal do Pinheirinho, em uma parceria entre Comec, prefeitura de Curitiba, IPPUC e prefeitura de Araucária. “São quatro demandas importantíssimas para Curitiba e região, e que sozinhas deverão ampliar o atendimento para cerca de 2mil pessoas por dia. Não tenho dúvidas de que farão a diferença na vida destas pessoas”, destacou Santos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email