sábado, 25
 de 
setembro
 de 
2021

Cidades encerram 2020 com saldo positivo na geração de empregos

Geração de empregos teve números satisfatórios para as cidades locais em 2020. Foto: Geraldo Bubniak/AENOs municípios do suleste paranaense fecharam 2020 com um saldo positivo na geração de empregos, conforme apontam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, divulgados ontem. Considerando o acumulado do ano, a região teve um saldo de 2.112 vagas, na diferença entre 22.366 admissões e 20.254 desligamentos.

Conforme os dados, os números satisfatórios ficaram distribuídos em Agudos do Sul (38), Contenda (158), Fazenda Rio Grande (624), Lapa (336), Mandirituba (350), Piên (257), Quitandinha (48), Rio Negro (277) e Tijucas do Sul (35), enquanto Campo do Tenente ‘ficou no vermelho’ na geração de empregos, com -11 vagas. Em relação aos resultados de dezembro, porém, as dez cidades locais apresentaram uma baixa de 303 postos de trabalho.

Em relação aos números estaduais, o Paraná abriu 52.670 vagas de emprego em 2020, sendo o segundo melhor resultado do país, com apenas 380 contratações a menos do que Santa Catarina. O resultado é o comparativo entre 1.193.316 admissões e 1.140.646 desligamentos e é superior ao saldo positivo de todos os estados do Nordeste e do Centro-Oeste. O Paraná foi responsável por 36,9% do resultado nacional no ano passado, que foi de 142.690 novas vagas.

Para o governador Carlos Massa Ratinho Junior, os índices alcançados pelo Estado refletem a estratégia do governo de valorizar a produção local, destravar os negócios e investir em obras estruturantes como base da recuperação de empregos, citando ainda que, mesmo diante de um cenário complexo, os empreendedores paranaenses se adaptaram rapidamente em relação às medidas sanitárias para continuar desempenhando as suas atividades. “São dados muito animadores. Este é o melhor programa social que existe, aquele que conforta as famílias, que permite que elas sigam evoluindo. Estamos buscando novos investimentos junto ao setor produtivo para ampliar os empregos, mas também facilitando o acesso ao crédito e estimulando ainda mais o empreendedorismo”, afirmou.

Segundo o governador, a perspectiva é fomentar a geração de empregos em 2021. “O Paraná é um dos principais motores da retomada dos empregos no País. A ideia é ampliar esse ritmo em 2021 com o avanço da imunização contra a Covid-19”, destacou.

Nacional – Segundo o Caged, o Brasil fechou o ano de 2020 com a geração de 142.690 postos de trabalho. De janeiro a dezembro do ano passado, foram 15.166.221 admissões e 15.023.531 desligamentos.

Caged dezembro. Arte: O Regional

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email