domingo, 22
 de 
maio
 de 
2022

Campo do Tenente inicia atividades da rede de tratamento de esgoto

Cleomar e Jorge destacaram a importância deste serviço para o município. Foto: Arquivo/O RegionalApós várias reuniões, reivindicações e a elaboração de um minucioso projeto, se tornou realidade o sistema de coleta e tratamento de esgoto sanitário no município de Campo do Tenente. Até o momento, já foram investidos cerca de R$ 4 milhões, recurso obtido a fundo perdido através da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

De acordo com o prefeito Jorge Quege, após a conclusão da segunda etapa das obras, foram realizadas 487 ligações de imóveis à rede coletora, beneficiando 47% da área urbana. “Este trabalho está sendo coordenado pela Sanepar. Neste primeiro momento, foram contemplados os conjuntos habitacionais mais populosos. Temos outras duas etapas a serem cumpridas, onde já estamos pleiteando recursos e, se efetivadas, teremos 100% da área urbana atendida com este importante serviço”, destaca. O projeto total da rede de esgoto está estimado em R$ 10 milhões.

Recém-concluída, a estação de tratamento representa um projeto piloto da Sanepar. “Esta estrutura é mais eficiente, ocupa menos espaço físico e a emissão de gases é muito menor que as demais. Além disso, atualmente a capacidade dela é para atender mais 900 ligações”, detalha Jorge. “Uma cidade organizada e eficiente passa pelo tratamento correto do esgoto. A meta agora é buscar novos investimentos e ampliar este serviço para mais bairros”, ressaltou.

Para o vice-prefeito Cleomar Komarchewski, a implantação do sistema garantirá uma melhor qualidade de vida à população. “Sabemos a importância de investir nesta área, reforçando também o cuidado com o meio ambiente. Certamente é um avanço significativo para o futuro município”, concluiu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email