quinta-feira, 7
 de 
julho
 de 
2022

Campanha de vacinação contra gripe tem início na segunda-feira

Vacina em Piên já está sendo aplicada. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de PiênCom a queda das temperaturas e a chegada do inverno, aumenta a incidência de casos de gripe, causados pelo vírus Influeza. Sendo assim, terá início na próxima segunda-feira e segue até o dia 1º de junho a campanha de vacinação contra os três subtipos do vírus de maior incidência, sendo o H1N1, H3N2 e Influenza B.

No Paraná, a estimativa é vacinar 3,2 milhões de paranaenses e realizar cobertura vacinal de 90% da população. O público alvo da campanha são pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, mulheres em até 45 dias depois do parto, profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.

De acordo com o diretor do Centro Estadual de Epidemiologia, João Luis Crivellaro, a gripe é transmitida pelo contato com gotículas espalhadas pelo ar por meio de tosse, espirro ou até mesmo a fala de pessoas que estejam contaminadas, ressaltando a importância de adotar medidas preventivas e bons hábitos de higiene e alimentares. “Deve-se sempre cobrir a boca ao tossir ou espirrar, lavar as mãos e usar álcool em gel para profilaxia total. Também é essencial abrir janelas e basculantes dos ambientes, principalmente em ônibus e outros meios de transportes públicos”, afirma.

Em todo o estado, os números contabilizados até última atualização, apontam 31 casos notificados em 2018. No ano anterior, no mesmo período, o boletim tinha confirmado 26 casos.

Em Piên, a meta também é vacinar, pelo menos, 90% do grupo prioritário. Durante a campanha, a Unidade de Saúde Central e o Posto de Campina dos Maia farão as vacinas diariamente, das 8 às 12 horas e das 13 às 16h30, enquanto que em Trigolândia a vacinação ocorre das 8 às 11 horas e das 13 às 16h30, e nos postos das outras comunidades terão dias específicos de vacinação durante o mês de maio. “O primeiro passo para a prevenção é a vacina, mas há outras medidas simples que devem ser adotadas pelas pessoas, vacinadas ou não, para prevenir o surgimento da doença. A saúde deve estar em primeiro lugar e todo o cuidado é necessário para evitar que o vírus da gripe se espalhe”, observa a enfermeira chefe do Departamento de Vigilância Sanitária, Ana Mara Harbs.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email