quarta-feira, 10
 de 
agosto
 de 
2022

Busca por suspeitos da morte de PM leva à prisão de um dos maiores traficantes da RMC

Daniel Rypchinski/Foto: Gerson Klaina / Paraná OnlineA busca pelos suspeitos de matar o soldado da Polícia Militar Newton Bittencourt, morto em um assalto na madrugada de sábado (23), levou os policiais de Colombo, na região metropolitana de Curitiba, a um suspeito não só da morte do PM, mas foragido da Justiça desde 2013. Daniel Rypchinski, de 33 anos, foi preso ao ser abordado e entregar aos policiais uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa.
A prisão aconteceu durante um intenso trabalho em ação conjunta dos policiais civis da Delegacia de Colombo com os PMs do serviço reservado do 22º Batalhão. Segundo o delegado Mário Sérgio Bradock Zacheski, o homem preso é um dos maiores traficantes de drogas da região metropolitana de Curitiba.
“Os policiais trabalhavam atrás de informações sobre a morte do soldado do Giro, quando reconheceram Daniel e o abordaram. Ao ser abordado, no centro de Colombo, ele apresentou a CNH falsa e recebeu voz de prisão”, explicou o delegado. Na delegacia, os policiais confirmaram que, contra o homem, havia cinco mandados de prisão expedidos por tráfico de drogas, porte ilegal de arma e roubo agravado.

Fonte: Paraná Online

Leia a matéria completa aqui

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email