terça-feira, 28
 de 
maio
 de 
2024

Impacto do atendimento odontológico na pandemia é tema de artigo feito por contendense

Fernanda apresentou o artigo sobre odontologia na pandemia. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Contenda/Arquivo pessoal
Fernanda apresentou o artigo sobre odontologia na pandemia. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Contenda/Arquivo pessoal
Artigo foi apresentado por Fernanda Stabach Gremski durante o 4º Congresso Saúde Coletiva da Universidade Federal do Paraná

O impacto da pandemia de Covid-19 no atendimento odontológico de gestantes e bebês pelo SUS do município de Contenda foi tema de artigo elaborado pela contendense Fernanda Stabach Gremski, e apresentado durante o 4º Congresso Saúde Coletiva da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O estudo fez um comparativo entre os anos de 2019, 2020 e 2021.

Acadêmica do 6º período de Odontologia da UFPR, a jovem aponta que devido a pandemia de Covid-19, iniciada em março de 2020, os serviços odontológicos no setor público de saúde sofreram limitações e reformulações. Os dados apresentados por Fernanda indicam que em 2019 foram realizados 5.030 atendimentos, dos quais 367 foram de gestantes atendidas (7% do total), enquanto em 2020 foram 2.215 atendimentos (diminuição de 62%), sendo 96 de gestantes (4% do total), e em 2021, foram totalizados 3.111 atendimentos, sendo 379 gestantes (12% do total). O número de bebês abaixo de dois anos completos atendidos em 2019, 2020 e 2021 foram 57, 19 e 25, respectivamente.

Fernanda aponta que em 2021 houve um aumento no número de atendimento à gestantes, comparado com os dois anos anteriores, devido ao incentivo do Programa Previne Brasil, ação importante que induzia o aumento da cobertura de atendimento à gestante, somado ainda às novas estratégias online. “Portanto, verifica-se a importância das ações estratégicas dos profissionais para uma intensificação do atendimento odontológico pré-natal e a criação de vínculo para atendimento futuro aos bebês”, escreveu.

Ainda no artigo, Fernanda enaltece que o número de atendimentos odontológicos em 2020, apresentou uma diminuição expressiva quando comparado a 2019, e em 2021, segundo ela, houve um leve aumento no número de atendimentos quando comparado ao ano anterior. “O número maior de gestantes atendidas em 2021, deve-se à busca ativa realizada pelos dentistas do município para realização do pré-natal odontológico, com atendimentos presenciais e via smartphone”, concluiu.

O Congresso de Saúde Coletiva da UFPR tem a finalidade de fomentar o debate, a pesquisa e a ação da Saúde Coletiva. O evento conta com a participação de profissionais da saúde, pesquisadores, docentes, discentes, gestores, usuários do SUS e demais interessados.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email