segunda-feira, 8
 de 
agosto
 de 
2022

Aniversário de Curitiba terá show gratuito com Elba Ramalho e Alceu Valença

Elba Ramalho, Alceu Valença e maestro Amilson Godoy fazem apresentações em Curitiba. Foto: DivulgaçãoUm concerto gratuito com Elba Ramalho, Alceu Valença e a Orquestra Sinfônica Arte Viva , sob a regência do maestro Amilson Godoy, vai celebrar o aniversário de Curitiba no próximo domingo (27). O concerto, com início às 16 horas, acontecerá no Parque Barigui, em um palco montado ao lado do Salão de Atos. Parte da “Série REDE Sinfônica”, o evento é patrocinado pela Rede (empresa do ramo de pagamentos eletrônicos) e realizado pela Prefeitura de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura e Arte Viva Produçõe.
A programação da festa de 323 anos de Curitiba começa às 10 horas com a Orquestra à Base de Corda e segue às 11h30, com show da Big Time Orchestra. Às 16 horas começa a apresentação da Orquesta Sinfônica Água Viva, com Elba Ramalho e Alceu Valença como convidados. O repertório apresenta canções conhecidas da MPB. A proposta é trazer para a música popular todo o requinte da música sinfônica. Este foi o objetivo do regente Amilson Godoy quando apresentou pela primeira vez o espetáculo “Forró Sinfônico”, há 15 anos. A música sinfônica, somada à inconfundível expressão artística nordestina, traz para este espetáculo um diferencial estético, que estabelece um inusitado paradigma musical.
Na apresentação a orquestra tocará “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso; “Asa Branca Assum Preto”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira; um medley de Legião Urbana; “Chega de Saudade”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes. Elba Ramalho e Alceu Valença apresentarão com a orquestra um repertório de vários sucessos como: “Tenho Sede”, “Eu só Quero um Xodó”, “Lamento Sertanejo”, “Gostoso Demais”, “Morena Tropicana”, “Anunciação” e “La Belle de Jour”, entre outras.
A REDE, uma das empresas líderes no mercado de meios de pagamento eletrônicos, é parceira na realização deste projeto por entender que a cultura é uma ferramenta essencial para a construção da nossa identidade e promoção da cidadania.
Orquestra À Base de Corda
Mantida pela Fundação Cultural de Curitiba e Instituto Curitiba de Arte e Cultura, a Orquestra À Base de Corda foi criada por Roberto Gnattali em 1998. Dedicada à pesquisa e divulgação da música brasileira, a Orquestra possui formação instrumental ímpar – desde 2001 conta com violino, bandolim, cavaquinho, viola caipira, violão, violão 7 cordas, piano e percussão – o que confere ao grupo sonoridade bastante particular. Seu repertório procura abranger diversos períodos da história da música popular brasileira e inclui composições de seus integrantes.
Big Time Orchestra
A big band executa releituras de clássicos do rock, pop e swing. A Big Time apresenta em seus shows um repertório diversificado que reúne versões criativas de grandes sucessos musicais de artistas, como Beach Boys, Elvis Presley, Ray Charles, Creedence Clearwater Revival, Rolling Stones, Ultrage a Rigor, Raul Seixas, Jorge Ben Jor, Tim Maia, Chuck Berry, Michael Jackson, dentre outros.
Orquestra Arte Viva
A Orquestra Sinfônica Arte Viva, criada em 1996 pelo maestro Amilson Godoy, tem como objetivo dar um tratamento mais elaborado à música popular, com o intuito de formar um público mais exigente. A Orquestra Sinfônica Arte Viva transita entre estes dois gêneros musicais e já se apresentou com os mais representativos músicos do Brasil e do exterior. Entre eles estão: Arthur Moreira Lima, Yamandu Costa, Milton Nascimento, Ivan Lins, Zimbo Trio, Elba Ramalho, Dominguinhos, Maria Rita, Lulu Santos, Rita Lee, Skank, Jota Quest, Gilberto Gil, Gal Costa, Daniela Mercury, Zélia Duncan, Stanley Jordan e George Benson e John Pizzarelli.

Fonte: SMCS

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email