sexta-feira, 23
 de 
fevereiro
 de 
2024

1ª Corrida Guarda-Vidas leva esporte e entretenimento ao Carnaval do Litoral

1ª Corrida Guarda-Vidas leva esporte e entretenimento ao Carnaval do Litoral. Foto: CBMPR
1ª Corrida Guarda-Vidas leva esporte e entretenimento ao Carnaval do Litoral. Foto: CBMPR
A iniciativa integrou o calendário de corridas de rua de Matinhos. A prova teve percurso de 5 km, com largada às 7h30. A organização ficou a cargo do Centro de Educação Física e Desporto do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná, que teve apoio da prefeitura, das equipes do Verão Maior Paraná, e coordenação técnica da Leme Sports Eventos Esportivos

 

A Praia Brava de Caiobá foi palco de um evento especial neste domingo de Carnaval. Com a participação de 700 inscritos, entre militares, guarda-vidas e atletas em geral, o local abrigou a largada e a chegada da 1ª Corrida Guarda-Vidas, que teve como objetivo enaltecer uma das funções mais difíceis da Corporação e aproximar a comunidade da instituição.

A iniciativa integrou o calendário de corridas de rua de Matinhos. A prova teve percurso de 5 km, com largada às 7h30. A organização do evento ficou a cargo do Centro de Educação Física e Desporto do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná (CEFID-CBMPR), que teve apoio da prefeitura, das equipes do Verão Maior Paraná, e coordenação técnica da Leme Sports Eventos Esportivos.

“Escolhemos o domingo porque normalmente é o dia mais tranquilo do Carnaval. A ideia era aproveitar esse momento de descontração do pessoal para oferecer alguma coisa diferente da rotina”, explicou o capitão Giovanni Raphael Ferreira, chefe do CEFID-CBMPR.

Quem provou que está com gás sobrando foi o cabo Robson Ferreira Alves, que terminou em primeiro lugar geral no masculino. Assim que concluiu a corrida, ele ainda entrou na água para realizar um resgate. “Fazer a prova foi muito bom. A gente treina diariamente, então é a consagração do final do verão. E terminando a prova ainda conseguir participar de um salvamento de dois adolescentes. A gente é bombeiro, guarda-vidas, 24 horas”, comentou o campeão, cujo tempo líquido foi de 15min54s. Ele participou do evento justamente na categoria guarda-vidas.

Entre as mulheres, a primeira colocada foi Marjorie Sandy Canile de Castro, da categoria comunidade. Ela cruzou a linha de chegada em 19min48s. “Eu treino corrida há alguns anos, mas fazia três anos que eu não competia, então foi uma surpresa muito boa esse primeiro lugar. O evento foi ótimo, estava tudo perfeito”, vibrou a delegada da Polícia Federal, que é casada com um bombeiro de Paranaguá.

MODALIDADES – O evento foi dividido em três modalidades: militares, comunidade e guarda-vidas (militares e civis). Cada uma delas teve premiação com troféu para os primeiros cinco colocados em geral, no masculino e no feminino.

A modalidade comunidade, aberta a toda a população, distribuiu também troféus para os três primeiros colocados em cada uma das 10 categorias por faixas etárias. O mesmo aconteceu entre os militares, cuja divisão foi em 5 faixas etárias. Todos os participantes que finalizaram o percurso levaram para casa uma medalha alusiva à prova.

Também receberam troféus seis guarda-vidas (três homens e três mulheres) pelo critério especial de representatividade. A homenagem foi destinada aos que estavam com os uniformes mais completos (ou representativos) de guarda-vidas durante a disputa da prova.

Como a intenção era confraternizar e estimular a prática de esporte, a atividade física não poderia ficar restrita aos adultos. Assim, 25 crianças até 13 anos também puderam aproveitar a experiência na Corrida Kids, promovida com distâncias adequadas à idade dos pequenos atletas.

ROTINA ESPORTIVA – A Corrida Guarda-Vidas foi a quinta e última atividade esportiva com envolvimento do CBMPR realizada no Litoral nesta temporada do Verão Maior Paraná. Antes, já haviam sido disputadas a Travessia dos Veteranos; o 3º Piriathlon de Areia; o Troféu Elite; e o Desafio Ronda dos Galáticos.

Para o chefe do CEFID, essa programação intensa de práticas esportivas variadas trouxe resultados para a instituição e para o Litoral. “Movimentamos centenas de pessoas, estimulando a prática esportiva nas mais variadas idades, em todas as cidades e com várias modalidades: tivemos ciclismo, natação, corrida. Além disso, ajudamos o Litoral, o comércio, a atividade socioeconômica de um modo geral, e integramos as subáreas de atendimento do CBMPR, as cidades do Litoral, com os nossos guarda-vidas”, disse o capitão Giovanni.

VERÃO MAIOR PARANÁ – O Verão Maior Paraná reuniu uma série de ações voltadas aos veranistas e moradores dos municípios do Litoral, além de Porto Rico e São Pedro do Paraná, no Noroeste. Foram ofertadas atividades esportivas e de lazer que incluíram aulas de ginástica, dança, caminhadas, recreação infantil, shows, torneios e competições nacionais e internacionais, programação inclusiva e educação ambiental. Além do reforço na segurança, a agenda continua até o final de fevereiro com shows de grandes sucessos nacionais em Matinhos e Pontal do Paraná. Veja a programação no site www.verao.pr.gov.br.

 

Fonte: Agência Estadual de Notícias

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email