quarta-feira, 1
 de 
dezembro
 de 
2021

Outubro Rosa reforça importância da realização de mamografia nas mulheres

Prédio da prefeitura de Tijucas do Sul está recebendo cores alusivas ao Outubro Rosa. Foto: Assessoria de Imprensa/Prefeitura de Tijucas do Sul
Se diagnosticado no início, as chances de cura ultrapassam os 90%, afirma médica

O mês de outubro é marcado por ações que alertam para o diagnóstico precoce do câncer de mama por meio da campanha Outubro Rosa. O objetivo é mobilizar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a saúde da mulher. O mês alerta a importância da frequência de consultas com ginecologistas e mastologistas, com a realização de exames a partir dos 40 anos e principalmente, o autoexame de mama.

O câncer de mama é o mais incidente em mulheres no mundo, com aproximadamente 2,3 milhões de casos novos estimados em 2020, o que representa 24,5% dos casos novos por câncer em mulheres. É também a causa mais frequente de morte por câncer nessa população, com 684.996 óbitos estimados para esse ano, o que representa 15,5% das mortes por câncer em mulheres.

A médica ginecologista e professora da PUCPR, Silvia Helena Dos Santos Gajardoni Farges, afirma que o câncer de mama é um crescimento desordenado das células da mama, que perdem a capacidade de se regular e começa a crescer sem controle e se torna um nódulo.

A profissional alerta para a importância da mamografia. “O autoexame não substitui a mamografia. O autoexame é um gesto de cuidado da mulher com o seu corpo e seu bem-estar”, comenta. A médica argumenta que a arma de combate contra o câncer de mama é a mamografia. “Nós recebemos um número grande de mulheres que chegam para atendimento médico com um grau muito avançado de câncer, com isso, percebemos uma falta de cuidado”, comenta.

A médica afirma que se descoberto no início, as chances de cura ultrapassam os 90%. “Por isso ressalto a importância dessas campanhas de conscientização”, afirma. Segundo a médica, mulheres mais jovens, abaixo dos 40 anos, devem fazer um exame clínico anual, uma vez por ano, ao ginecologista. O autoexame é importante nesta faixa etária, pois, por conta da idade, são poucas indicações de mamografia. Já as mulheres mais velhas, têm a indicação de fazer uma mamografia uma vez por ano.

Em Agudos do Sul, além da conscientização em redes sociais, para que as mulheres procurem os atendimentos de saúde para realizar o exame de mamografia, no dia 23 de outubro, será feito na Unidade Básica de Saúde, uma ação com distribuição de brindes, música ao vivo e sorteios. De acordo com informações da prefeitura, a ideia é chamar a atenção da importância do diagnóstico precoce.

Campo do Tenente promoveu na última terça-feira uma roda de conversa com a temática de prevenção ao câncer de mama e colo do útero. Em Contenda, um evento ocorrerá na próxima sexta-feira, com diversas atividades como palestra com uma ginecologista, feira de saúde, atividades físicas, abordagem de temas como a violência contra a mulher e alimentação saudável.

Nesta semana, a prefeitura de Fazenda Rio Grande, através da Secretaria da Mulher e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude promoveu um evento aberto com palestras de defesa pessoal, saúde mental e prevenção contra o câncer de mama.

Em Quitandinha, a programação está prevista para ocorrer durante os próximos dias. Preventivos, vacinação e atendimentos ginecológicos serão realizados durante o mês de outubro nas Unidades de Saúde.

Em Tijucas do Sul, o prédio da prefeitura recebeu a iluminação rosa, como forma de lembrar a conscientização para o combate ao câncer de mama. Um mutirão de mamografia também deve ocorrer durante o mês. Nas próximas semanas, há programações para os dias 14, 19, 21 e 26 de outubro. Haverá coleta de exames citopatológicos na Unidade Básica de Saúde.

 



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email