segunda-feira, 26
 de 
fevereiro
 de 
2024

Governador decreta luto oficial de três dias pela morte do cardeal Dom Geraldo Majella

Governador decreta luto oficial de três dias pela morte do cardeal Dom Geraldo Majella. Foto: Roberto Dziura Jr/AEN
Governador decreta luto oficial de três dias pela morte do cardeal Dom Geraldo Majella. Foto: Roberto Dziura Jr/AEN
“O Paraná perdeu o cardeal Dom Geraldo Majella, que coordenou a arquidiocese de Londrina e também atuou em Toledo, alimentando a fé de muitos paranaenses. A comunidade católica e o Paraná perdem um homem que atuava sempre em benefício do próximo. Meus profundos sentimentos aos amigos e familiares”, disse o governador

 

O governador Carlos Massa Ratinho Junior decretou luto oficial de três dias pela morte de Dom Geraldo Majella Agnelo, neste sábado (26). O cardeal morreu aos 89 anos em Londrina, na região Norte do Estado.

Nos anos 1970, ele foi nomeado Bispo Diocesano de Toledo pelo Papa Paulo VI. Na década seguinte, em 1982, foi nomeado Arcebispo Metropolitano de Londrina pelo Papa João Paulo II. Ele também foi Arcebispo Metropolitano de São Salvador da Bahia e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

“O Paraná perdeu o cardeal Dom Geraldo Majella, que coordenou a arquidiocese de Londrina e também atuou em Toledo, alimentando a fé de muitos paranaenses. A comunidade católica e o Paraná perdem um homem que atuava sempre em benefício do próximo. Meus profundos sentimentos aos amigos e familiares”, disse o governador.

Ao lado de Zilda Arns, ajudou a criar a Pastoral da Criança, iniciado em 1983 como um projeto piloto implantado na Paróquia São João Batista, no município de Florestópolis.

Dom Geraldo foi, ainda, diretor e professor da Faculdade de Ciências Humanas Arnaldo Busato de Toledo, professor na Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, professor de Teologia Sacramentaria e Liturgia na Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção em São Paulo e diretor da Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção de São Paulo.

 

Fonte: Agência Estadual de Notícias



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email