quarta-feira, 1
 de 
dezembro
 de 
2021

Estudantes se preparam para as provas do Enem

Este é o segundo exame realizado este ano. A edição de 2020 foi realizada no início de 2021

Os estudantes da região se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio, edição 2021, que será realizado neste fim de semana. Este é o segundo exame do ano, isso porque, o exame de 2020, foi interrompido por conta da pandemia e foi realizado no início deste ano.

A aplicação do Enem ocorre neste domingo e no domingo que vem. É a primeira vez que o exame é aplicado duas vezes no mesmo ano. As mudanças ocasionadas pelo cenário da pandemia se refletem no número de inscritos. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, a porcentagem de estudantes que fazem o exame está caindo com o passar dos anos.

No ano de 2014, do total de inscritos, 16% estavam fazendo o exame pela primeira vez, sendo assim, 84% já tinham feito a prova. Em 2019, a porcentagem de estudantes que fizeram o exame pela primeira vez subiu para 47%, o que mostra que os estudantes que estavam fazendo a prova pelo menos pela segunda vez caiu para 53%.

A estudante do colégio Alfredo Greipel Junior, de Piên, Nathaly Kruczkiewicz, afirma que irá tentar ingressar em uma universidade pública. Nathaly comenta que uma das maiores dificuldades dos estudantes na pandemia, foi a mudança no formato das aulas, que passou a ser online. “Muitos alunos, principalmente de escolas públicas, encontraram muitos empecilhos para conseguir estudar, um grande exemplo são os estudantes de baixa renda que não conseguiam acompanhar as aulas online, o que prejudicava na aprendizagem”, comenta.

Além da mudança no formato das aulas, a estudante aborda que a ausência do contato pessoal com o professor também impactou diretamente a forma de estudar. “Nós sentimos falta do contato com o professor em sala de aula, o que é essencial para compreender melhor o conteúdo ensinado. Como aluna me adaptei a essa forma de estudo remota, mas no início da pandemia houve várias dificuldades, com o passar do tempo fui me adaptando e aprendendo a estudar sozinha, somente com o material”, afirma.

A jovem utilizou dicas dos professores para que pudesse se preparar. “Realizei o Enem em janeiro deste ano e nunca tinha feito antes”, comenta. A expectativa para a realização do exame neste fim de semana, é a realização de todas as questões, e segundo a estudante, espera que consiga dominar o tema que cairá na redação. Segundo Nathaly, ela se preparou nos últimos dias, com objetivo de alcançar um bom resultado.

O professor de matemática do colégio Alfredo Greipel Junior, Heliton Charles Maahs, afirma que o exame é a porta de entrada para estudantes que querem ingressar na universidade. “O Enem é muito relevante para quem necessita de bolsas de estudo, além do ProUni, no caso de universidades que possuem bolsas exclusivas para quem tem um bom desempenho no Enem”, explica.

Heliton dá algumas dicas que podem ajudar no desenvolvimento dos estudantes. “No dia do exame é importante se programar para chegar com antecedência ao local da prova, não dormir tarde na noite anterior ao exame e é importante se alimentar bem”, afirma.

A diretora do colégio Alfredo, Cleudane Andrade, argumenta que esta é uma oportunidade dos estudantes colocarem em prática tudo o que aprenderam. “Não é o momento de se apavorar e sim, relaxar, cuidar da alimentação”, diz.



Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email