sábado, 20
 de 
julho
 de 
2024

Campanhas mobilizam a arrecadação de agasalhos e cobertores na região

Estante solidária é uma das ações em andamento neste período para arrecadação de roupas e cobertas para pessoas necessitadas em Agudos do Sul. Foto: Divulgação
Com as temperaturas baixas, as prefeituras da região, em parceria com entidades públicas e privadas, fazem a ação para atender as famílias necessitadas

A chegada do inverno e, consequentemente, a queda nas temperaturas, é tradicionalmente marcada pela realização de campanhas do agasalho e do cobertor. Nesta ação, a solidariedade é o ponto de destaque para a arrecadação de itens para aquecer as pessoas em situação de vulnerabilidade.

Nas cidades da região, as prefeituras, em parceria com entidades públicas e privadas, vêm realizando campanhas para arrecadar roupas, cobertores e demais produtos que possam auxiliar as famílias que mais necessitem.

Um dos exemplos é a Estante Solidária, iniciativa em andamento na cidade de Agudos do Sul, conforme detalha Ana Claudia Ribeiro, coordenadora do Cras do município. “A Estante Solidária é um projeto do Cras que funciona durante o ano todo, onde as roupas recebidas de doações são selecionadas de acordo com a estação. Agora temos blusas, casacos, cachecol, lenços, calças. E as pessoas que estão em vulnerabilidade social, que estão necessitando podem ir até o Cras e escolher e retirar aquilo que necessita. Quem tiver doações de roupas e cobertas pode levar até o Cras durante o ano todo que recebemos com muito carinho, pois a equipe tem um grande cuidado para que as roupas que vão para a estante, estejam em bom estado de uso, não estejam principalmente rasgadas”, comenta.

Em Piên, a secretária de Assistência Social e Defesa Civil, Katia Rudnick Fragoso, conta que a pasta já está mobilizada nas arrecadações, priorizando calças, jaquetas, moletom, blusas, camisetas de manga longa, meias novas para adultos e crianças, cobertores novos e usados, que estejam em bom estado de conservação, que podem ser levados até o Cras ou na própria sede da Assistência Social. “Ao se deparar com pessoas em situação de rua ou em situação de risco de frio, pedimos que os orientem a procurar o atendimento junto a Secretaria de Assistência Social ou demais órgãos que compõem a pasta, como o Cras e a Defesa Civil”, orienta.

Nos demais municípios da região, a população pode estar consultando os locais de coleta/doações acessando os sites das prefeituras, as páginas nas redes sociais, em contato com as Secretarias de Assistência Social ou com os Cras.



Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email