logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Uma boa aposta para a agricultura familiar

19 de janeiro de 2018 em Editorial - Comente

Nos últimos anos estamos acompanhando o surgimento de algumas culturas na agricultura familiar em cidades da região. Já falamos aqui do cogumelo e do morango, e mais recente da uva e da maçã. São novas alternativas para quem por muito tempo só tinha como opção a plantação do tabaco ou a criação de frangos. Não necessariamente essas novas culturas precisam substituir as já existentes, principalmente se ambas forem rentáveis, mas a possibilidade de ampliar renda na propriedade rural é fundamental para a melhoria de vida das famílias no campo.

Na edição da semana passada mostramos que algumas famílias estão percebendo bons resultados com a fruticultura e hoje uma nova matéria mostra a participação de uma cooperativa local no incentivo à produção da uva. São exemplos que servem para reforçar a capacidade da região na diversificação da agricultura familiar.

É importante que entidades ligadas ao setor e, principalmente, o poder público estejam atentos e sejam facilitadores dessas iniciativas. A criação de um ambiente favorável poderá contribuir de forma expressiva para que novas culturas sejam desenvolvidas na agricultura regional. Além da produção, é necessário abrir novos mercados, inclusive nas próprias cidades locais.

É possível que a maçã, o morango, a uva, entre outros produtos de natureza semelhante produzidos na região estejam na merenda escolar das nossas escolas? Estejam também nas gôndolas e prateleiras dos nossos supermercados? Acreditamos que sim. É a forma mais direta de incentivo, apoio e valorização da mão de obra local.

Podemos ir ainda mais além, com a implantação, quem sabe, de uma disciplina extracurricular nas escolas de produção de fruticultura. Já imaginou um contraturno onde os alunos teriam a oportunidade de conhecer todo o processo de produção da uva, do morango, da maçã, e posteriormente sua comercialização? Talvez seja essa semente que deveríamos plantar. A escola além dos cadernos e do quadro-negro.

A agricultura familiar da nossa região vem nos ensinando muitas coisas, e cabe-nos aproveitar essa oportunidade para aprender, apoiar e prosperar.

Deixe seu comentário