logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Politicando 17/11/2017

17 de novembro de 2017 em Politicando - Comente

Eleição estadual

A vice-governadora Cida Borghetti (PP) e o seu marido, o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), participaram no fim de semana da convenção estadual do PSDB, onde o governador Beto Richa foi reconduzido à presidência da sigla no Paraná. A presença do casal progressista no evento é a mais recente e principal demonstração de que Beto Richa deverá deixar o governo em abril de 2018 para concorrer ao senado. E, consequentemente, vai estar na chapa de Cida Borghetti.

Dois palanques

Isso acontecendo, comenta-se nos bastidores que Beto Richa concorrerá ao senado com dois candidatos ao governo, além de Cida Borghetti, o deputado estadual Ratinho Junior (PSD). Parte da base de apoio de Richa, inclusive, já está na pré-campanha de Ratinho Junior. Esse é o quadro previsto, mas em política tudo pode mudar em minutos.

Vice novamente

O ex-governador Orlando Pessuti (PMDB), que foi vice de Roberto Requião (PMDB) por dois mandatos e depois se desentenderam e hoje são vistos como inimigos, estaria trabalhando para ser um dos candidatos ao senado ou voltar a ser candidato a vice-governador. Para isso, é bem provável que deixe o PMDB, evitando uma nova queda-de-braço com Requião.

Puxador de votos

A senadora pelo PT, Gleisi Hoffmann, deverá ser a aposta do partido para conquistar o maior número possível de vagas para a câmara federal no Paraná. Gleisi, que atualmente é a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, deve anunciar em breve sua candidatura a deputada federal. Com isso, o partido espera que ela contribua com uma expressiva votação na legenda.

Orçamento

O governador Beto Richa (PSDB) anunciou na última semana que o estado terá R$ 8,4 bilhões de orçamento para 2018. Este montante é 8% maior do que previsto para este ano, R$ 7,8 bilhões. De acordo com Richa, com as contas equilibradas e o acréscimo no orçamento, o estado deverá intensificar os investimentos para apoiar o setor produtivo e ampliar ações na área de transporte e logística.

Mandirituba

O jovem Rodrigo Rodrigues (PSDC), que concorreu nas últimas eleições em Mandirituba e ficou como primeiro suplente do legislativo, tem mantido frequente atividades no município e buscado ampliar seu conhecimento sobre as demandas no Paraná. Ontem, por exemplo, esteve participando da apresentação do programa de infraestrutura desenvolvido pela Federação das Indústrias.

Vereadora de Campo do Tenente, Solange Fávaro. Foto: Arquivo/O RegionalCampo do Tenente

A presidente da câmara de vereadores de Campo do Tenente, Solange Fávaro (PSB) oficializou o repasse de R$ 80 mil para a prefeitura com o objetivo de somar recursos na compra do terreno que será oferecido para a instalação da Pão Nino. Segundo Solange, o recurso seria destinado para a aquisição de um imóvel que futuramente pudesse receber a obra da nova câmara municipal, porém, esse é o momento de pensar no coletivo e no desenvolvimento da cidade.

Quitandinha

O embate entre a prefeitura e a câmara de vereadores de Quitandinha despertou em algumas lideranças comentários sobre as três últimas gestões municipais – que tiveram como principal líder o ex-prefeito Neco Prado (PDT). A comparação é que nunca na história recente do município o conflito entre executivo e legislativo durou tanto tempo e com proporções tão expressivas. Para muitos a relação atual é de que todos perdem.

Piên

Entre atletas e público presente, cerca de 300 pessoas participaram da corrida de rua em Piên na quarta-feira de feriado. O prefeito Livino Tureck (PMDB) acompanhou todo o evento junto da equipe de Cultura e Esporte do município. O presidente da câmara, Eduardinho Ferreira (PSDC), também esteve presente, e o vereador Clever Beil (PMDB), inclusive, participou da prova. Já o vereador Kinho Sadi (PSDB) foi um dos apoiadores da promoção.

Deixe seu comentário