logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Jovem acusado de roubo relata discriminação mesmo após ter sido absolvido

20 de outubro de 2017 em Cidades - Comente

Deivid conta que foi absolvido da acusação. Foto: DivulgaçãoUm jovem agudosulense acusado de roubo em 2015 e posteriormente absolvido procurou a reportagem de O Regional nesta semana para esclarecer sua inocência e relatar discriminação que até hoje enfrenta devido a esta acusação. Deivid Gabriel Bueno disse que surgem na sociedade muitos comentários sobre sua pessoa devido ao caso, principalmente quando ele ou alguém de sua família compra algum bem.

Morador de Lagoa dos Pretos, o jovem citou também outros prejuízos. Ele chegou a ser preso em dezembro de 2015 devido à acusação e ficou detido por cerca de seis meses. Conta que na época trabalhava e estudava e que perdeu a sua formatura, a viagem do colégio que frequentava e também acabou prejudicado no emprego.

O fato em questão foi um roubo a uma propriedade, do qual ele foi apontado de fazer parte do grupo que praticou o ato. Porém, a defesa conseguiu demonstrar que ele estava trabalhando no dia e horário do fato. Acionada, a empresa em que trabalhava apresentou documentos que atestam a frequência de Deivid por meio de leitor biométrico, demonstrando a presença dele no local de trabalho naquela data. Assim, em sentença de cerca de um ano atrás, a Justiça decidiu pela absolvição dele.

Ele diz enfrentar problemas na sociedade mesmo após a absolvição. “Isso que aconteceu comigo pode acontecer com qualquer pessoa. Mas foi um engano, eu fui confundido”, esclareceu.

Deixe seu comentário