logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Politicando 15/09/2017

15 de setembro de 2017 em Politicando - Comente

Lula em Curitiba

Os senadores Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) recepcionaram o ex-presidente Lula (PT) em evento político realizado após o depoimento que prestou ao juiz Sérgio Moro na última quarta-feira. Requião trabalha com a possibilidade de uma nova candidatura ao senado. Já Gleisi Hoffmann deverá ser candidata a deputada federal.

Carne Fraca

Apontado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público como chefe do esquema na Operação Carne Fraca, o ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná, Daniel Gonçalves Filho, confirmou que fará acordo de delação premiada. A notícia movimentou nomes importantes do PMDB e do PP no estado. Há uma grande expectativa do que vem por ai.

Quadro Negro

E por falar em delação, foi homologada ontem a colaboração premiada do empresário Eduardo Lopes de Souza, dono da Valor Construtora, envolvida diretamente no desvio de dinheiro que seria usado para a construção de escolas no Paraná. O delator já declarou que o dinheiro desviado serviu ao Caixa 2 da campanha de reeleição de Beto Richa (PSDB). O governador nega todas as acusações e disse que vai processar criminalmente o empresário.

Investigações

O número de políticos do Paraná envolvidos em supostos esquemas de corrupção e desvio de recursos cresce a cada semana. Nessas duas investigações – Carne Fraca e Quadro Negro – estão relacionando nomes importantes do cenário paranaense, entre deputados estaduais, federais, assessores e secretários. A grande indagação é o quanto de tudo isso será explorado na eleição do próximo ano e qual será a postura do eleitor diante de todos esses fatos.

Renato Woiciekovski, vereador de Agudos do Sul. Foto: Arquivo/ O RegionalAgudos do Sul

Entrou em pauta na sessão desta semana da câmara de Agudos do Sul um projeto de lei de autoria do vereador Renato Woiciekovski (PP). A proposta trata da implantação de um programa de bolsas de estudos para estudantes universitários que comprovem pertencer a famílias de baixa renda. Ao receber o apoio do poder público, o estudante beneficiado daria como contrapartida horas atividades por período pré-definido. A ideia é salutar, desde que seja constitucional e exista recursos disponíveis.

Campo do Tenente

O prefeito de Campo do Tenente, Jorge Quege (PMDB), informou nesta semana que será obrigado a suspender alguns serviços da prefeitura. Segundo ele, o município foi notificado judicialmente a quitar dívidas de precatórios no valor de R$ 735 mil. Quege confessa que é uma decisão difícil, mas que não pode ser irresponsável e deixar de cumprir a lei. Por outro lado, o prefeito lembra que são dívidas herdadas de outras gestões.

Quitandinha I

A prefeita de Quitandinha, Maria Julia (PSDB), recebeu nesta semana no município representantes do governo estadual para confirmar a liberação de recursos e tratar da construção de um novo Centro de Saúde no município. Na oportunidade, o secretário chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni (PSDB), destacou que a obra é uma importante conquista para o município e também um reconhecimento por todo o trabalho que é realizado pela prefeita na área da saúde ao longo dos últimos anos.

Quitandinha II

Ligado ao meio comercial e de educação, o vereador Amir Lemos (Pen), de Quitandinha, apresentou duas sugestões de projeto de lei que defende como alternativa de melhoria das opções de postos de trabalho e receita municipal. Um deles trata do primeiro emprego e outro da redução de alíquotas de impostos. Temporariamente vetado pelo executivo, Amir Lemos acredita que ambos os temas podem ser retomados no futuro próximo. Segundo ele, são atrativos que podem favorecer o município a longo prazo.

Piên

Em Piên, o empresário João Padeiro (PSDB), derrotado na disputa pela prefeitura na última eleição, mantém agenda de atividades políticas no município. Ontem, reuniu correligionários e filiados dos partidos da sua base para falar das eleições de 2018.

Deixe seu comentário