logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Politicando 19/05/2017

19 de maio de 2017 em Politicando - Comente

Eleições indiretas

Alvaro Dias. Foto: DivulgaçãoA possível renúncia ou afastamento do presidente da república Michel Temer (PMDB) abre um novo cenário político para o país. É possível que exista eleição indireta, onde os deputados federais e os senadores elegem o novo presidente. Ontem já se falava no nome do senador Alvaro Dias (PV) como opção para o cargo.

Não tem santo

O novo capítulo da política nacional, que chegou como uma bomba na quarta-feira à noite, serve mais uma vez para mostrar que não tem santo neste meio. Há corrupção em todos os partidos, e o PSDB que “pousava” de íntegro e combatente de atos ilícitos assiste agora seu presidente nacional ser afastado do cargo e se tornar um dos principais investigados por corrupção.

Não político

Pesquisas de opinião pública já mostram que a população brasileira está decidida a votar em candidatos “não políticos”. Ou seja, existe uma grande tendência de renovação nos quadros das casas legislativas e até poder executivo a partir da eleição do próximo ano. Segundo Murilo Hidalgo, do instituto Paraná Pesquisa, pode ser o grande “momento do novo”.

Piên

Uma nova eleição foi realizada na câmara de vereadores de Piên. O ex-presidente, Leonides Mahs (PR), está preso acusado de participar do crime contra o prefeito eleito Loir Dreveck. O novo presidente é Eduardinho Ferreira (PSDB), contrário ao grupo que ganhou a prefeitura. A conta na cidade é que agora a câmara é da oposição.

Tijucas do Sul

Carlos Camargo, o Carlinhos (PMDB), de Tijucas do Sul, foi nomeado coordenador de Pesca e Aquicultura do Estado do Paraná. Carlinhos é bastante conhecido na região por já ter passado pela assessoria de vários parlamentares. Segundo ele, o objetivo agora é apoiar a agricultura familiar e fomentar a diversidade na pequena propriedade.

Quitandinha

Os vereadores de Quitandinha rejeitaram o projeto de lei do poder executivo que tratava da reestruturação de cargos na administração pública municipal. Os cinco vereadores contrários informam que o projeto não contempla todo o quadro de servidores. Já a prefeitura considerou equivocado o entendimento e a desaprovação do projeto prejudica a manutenção de quadros importantes na estrutura.

Mandirituba

A vice-prefeita e secretária de Ação Social de Mandirituba, Rosilene Vonsovisk (PSC), tem motivado seus servidores municipais a participar de diversas atividades. A mais recente é a campanha de agasalho. Segundo Rosilene, essa integração e apoio dos servidores, mesmo fora de horário de trabalho, mostra um novo momento na sua pasta.

Agudos do Sul

Uma reunião agendada pelo executivo de Agudos do Sul com os vereadores na última sexta-feira acabou não acontecendo. Como não foi desmarcada com antecedência e os legisladores foram até o local, houve um certo mal-estar. A prefeitura justificou que muitos secretários não poderiam participar porque estavam em atividade.

Deixe seu comentário