logo aen
banner-caicara
ps-banner468x60
<< >>

Politicando 12/05/2017

12 de maio de 2017 em Politicando - Comente

Governo

O deputado estadual e secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior (foto) (PSD), confirmou nesta semana que será candidato ao governo nas eleições do próximo ano. Ele reuniu lideranças e deputados do PSD, PSC e PSDB, partido do governador Beto Richa, numa reunião na última terça-feira. Depois de anunciar seu projeto para 2018, Ratinho oficializou convite para que Beto Richa seja candidato ao senado na sua chapa.

Governador

O governador Beto Richa declarou que ainda não definiu se será ou não candidato na próxima eleição. Ele está entre disputar uma das vagas no Senado Federal ou cumprir seu mandato até o final. Se Richa não disputar a eleição será automaticamente um “balde de água fria” nas pretensões da vice-governadora Cida Borghetti (PP).

Lula X Moro

A presença de apoiadores do presidente Lula durante sua estada em Curitiba nesta semana ficou bem abaixo do que se esperava. O ex-presidente da república foi intimado pelo juiz Sérgio Moro para responder sobre processo do Ministério Público que aponta a doação de um apartamento tríplex para a sua família como forma de propina por obras na Petrobrás. Lula negou que teria recebido o imóvel. Na cidade, esperava-se de 20 a 30 mil participantes. A Polícia Militar calculou a presença de 5 mil manifestantes.

Agudos do Sul

Na sessão desta semana da câmara de Agudos do Sul foi efetuada leitura de uma denúncia feita por um morador da cidade. O relato aponta possíveis irregularidades na forma como foi procedida a contratação de uma empresa para reforma dos ônibus escolares da prefeitura. O legislativo estuda a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o caso. A prefeitura informou que não existe nenhuma irregularidade e que o transporte escolar é serviço essencial para o município.

Mandirituba

A prefeitura de Mandirituba está passando por auditoria do Tribunal de Contas. Este trabalho faz parte das atividades realizadas pelo Plano Anual de Fiscalização (PAF) e irá analisar documentos no período de janeiro de 2016 a abril de 2017. Um dos primeiros setores vistoriado foi o de Recursos Humanos. Nas próximas semanas, o cronograma do trabalho da auditoria deverá ser divulgado pela prefeitura.

Quitandinha I

A prefeita de Quitandinha, Maria Julia (PSDB), tratou nesta semana da liberação de R$ 1,8 milhão para obras de pavimentação e recape asfáltico, compra de maquinários e aquisição de terreno para a área industrial. O montante deve ser depositado nos cofres da prefeitura nos próximos meses. Segundo ela, o apoio do deputado estadual Francisco Bührer (PSDB) e a sensibilidade do governo têm feito diferença na conquista de novos recursos para a cidade.

Quitandinha II

E o fato curioso em Quitandinha é que o vereador Marquinhos da Acarpa (PP) registrou boletim de ocorrência nesta semana informando que vem sendo ameaçado. Segundo ele, o tom da ameaça é por conta da sua conduta política no município. “A carta faz acusações e ameaças fortes”, contou.

Quitandinha III

Vereador de Quitandinha, Zé Ribeiro (PP), esteve reunido com o gerente da empresa Reunidas, Paulo Bertolini, e apresentou demandas da população local. Foto: DivulgaçãoO vereador Zé Ribeiro (PP), de Quitandinha, esteve reunido nesta semana com o gerente da empresa de transporte de passageiros Reunidas, Paulo Bertolini, e apresentou demandas da população local. Zé Ribeiro relatou que há queixas sobre superlotação, qualidade dos veículos, e opções de horários. “O usuário reclama que a passagem sobe e o serviço só piora”, enfatizou o vereador. Zé Ribeiro defende uma frente de discussão sobre o tema e lembra que o próprio Tribunal de Contas já recomendou que o valor da tarifa seja reduzida.

Piên I

Curioso também é momento que vive a câmara de vereadores de Piên. O ex-presidente da casa, Leonides Maahs, renunciou do presídio sua posição na mesa diretora. E desde que Maahs foi preso os vereadores ainda não deliberaram sobre a convocação do suplente. Agora, com a renúncia aceita, terão que realizar nova eleição para compor a direção do legislativo.

Deixe seu comentário